• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2019.tde-13032019-110542
Documento
Autor
Nome completo
Wanderley Corino Nunes Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Marques, Ivan Francisco (Presidente)
Bosi, Viviana
Destri, Luisa de Aguiar
Paixao, Fernando Augusto Magalhaes
Título em português
A poética errante de Orides Fontela
Palavras-chave em português
Errância
Impasse
Orides Fontela
Rosácea
Sublime
Resumo em português
Este trabalho propõe a leitura do livro Rosácea (1986), de Orides Fontela, com o intuito de verificar seu caráter heterogêneo. A obra em questão é composta por cinco blocos bem definidos como se vê pela nomeação das partes, a saber, Novos, Lúdicos, Bucólicos, Mitológicos e Antigos. Muito embora a poeta justifique que se trata de um livro organizado às pressas, observamos que a multiplicidade temática e temporal dos poemas forma uma espécie de panorama de sua obra. A fim de refletir sobre esse assunto, apresentaremos os aspectos formais do livro. Em seguida, lançaremos nosso olhar para os poemas que tematizam a consciência dos impasses de sua produção poética. Propomos também a leitura de outro grupo de textos que apontam para uma tentativa de inflexão por meio do uso da ironia através da paródia de lugares comuns. Em meio a tais discussões, recuperaremos o conceito de sublime na tradição filosófica, com o intuito de verificar se tal noção pode ser aplicada à poesia oridiana, conforme defende boa parte de sua fortuna crítica.
Título em inglês
Orides Fontela and the poetic of the erring
Palavras-chave em inglês
Erring
Impasse
Orides Fontela
Rosácea
Sublime
Resumo em inglês
In the present work I shall analyze Rosácea (1986), by Orides Fontela, in order to verify its heterogeneous aspect. This book is composed by five well-defined sections, as we can see in the way they are named after, namely, Novos, Lúdicos, Bucólicos, Mitológicos and Antigos. Even though Orides Fontela justifies the structure by stating that the book was organized in a rush, we can observe that its thematic and temporal multiplicity creates some sort of panorama of her body of work. With the aim of reflecting on that matter, I must introduce the formal aspects of the book. Then, I will present a selection of poems that thematize the consciousness towards the impasses of her poetic production. I also will introduce another group of poems that indicates an inflection attempt through the use of the irony as they parody some commonplaces. Amidst those discussions, I shall the philosophical concepto of the sublime should be recovered in order to verify if it can be applied to poetry of Orides Fontela, as defend great part of her critical fortune.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-03-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.