• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-17042015-154452
Documento
Autor
Nome completo
Dayana Roberta dos Santos Loverro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Barni, Roberta (Presidente)
Bastianetto, Patrizia Giorgina Enricanna Collina
Zavaglia, Adriana
Título em português
Orfeo negro: estudo dos marcadores culturais na tradução italiana de Orfeu da Conceição, de Vinícius de Moraes
Palavras-chave em português
Diálogos interculturais
Italiano
Literatura comparada
Marcadores culturais
Orfeo Negro
Orfeu da Conceição
Texto teatral
Tradução
Vinicius de Moraes
Resumo em português
O mito de Orfeu assinalou a produção literária de autores clássicos, marcando presença também em obras modernas e contemporâneas. Na literatura brasileira, a obra Orfeu da Conceição, texto dramático de Vinícius de Moraes, buscou promover o diálogo entre a mitologia grega clássica e as raízes culturais brasileiras através da incorporação de elementos órficos. Publicada em 1956, com o subtítulo Tragédia Carioca, alcançou sucesso significativo no âmbito literário e cinematográfico. Destacou-se pelas adaptações e referências ao mito original no interior de sua trama, que transcorre nos morros do Rio de Janeiro entre as décadas de 1950 e 1960. Pasquale Aniel Jannini, pesquisador e acadêmico italiano, publicou em 1961 a tradução de Orfeu da Conceição em língua italiana, sob o título Orfeo Negro. Através do cotejo entre original e tradução, constituiu-se um corpus de termos e expressões que evidenciam marcas culturais entre os textos. Após essa etapa, estes dados foram submetidos à classificação e análise através do modelo Modalidades de Tradução, de Francis Henrik Aubert (1998). Esse modelo consiste em uma metodologia de pesquisa tradutológica derivada de conceitos elaborados por Vinay e Darbelnet acerca de procedimentos técnicos da tradução. Um dos principais diferenciais do modelo em questão liga-se à possibilidade de análise quantitativa e tipológica dos elementos destacados na tradução. A metodologia selecionada para a observação de Orfeu da Conceição e Orfeo Negro considera, ainda, a tradução como um ato de comunicação que ocorre entre indivíduos e entre grupos sociais, assumindo sua função frente a culturas, ideologias e diferentes pontos de vista. A proposta de estudo destes marcadores culturais levantados pretende analisar aproximações e afastamentos entre Orfeu da Conceição e Orfeo Negro, assim como refletir acerca de peculiaridades e traços interculturais expressos entre os textos. Aplicando-se metodologia de Aubert (1998) aos marcadores culturais identificados, verificou-se uma maior incidência da modalidade modulação, o que evidencia uma tradução predominantemente domesticadora, de acordo com os conceitos de Venuti (1999). Verificou-se também uma incidência significativa de erros dentre as modalidades mais recorrentes. Ainda que a tradução em questão seja considerada domesticadora, é relevante o fato de que contém inserções de elementos estrangeirizadores, também de acordo com a conceituação de Venuti (1999). Em nosso estudo, buscamos ainda observar se o ciclo da tradução se completaria em um eventual leitor brasileiro, conhecedor do idioma italiano, em termos de reconhecimento próprio e de sua cultura no texto traduzido. Para tal questionamento, obtivemos resposta positiva, somada ao fato de que a leitura do texto original, Orfeu da Conceição, pode ser enriquecida pela análise contrastiva e pelo contato com a tradução Orfeo Negro.
Título em inglês
Orfeo Negro: Study of cultural markers on italian translation of Orfeu da Conceição, by Vinicius de Moraes
Palavras-chave em inglês
Compared literature
Cultural markers
IIntercultural dialogs
Italian
Orfeo Negro
Orfeu da Conceição
Theatrical text
Translation
Vinicius de Moraes
Resumo em inglês
Orpheus myth has marked literary production of classic authors, and made its presence felt in modern and contemporary literary works as well. On Brazilian literature, Orfeu da Conceição, a dramatic work by Vinícius de Moraes, aimed to promote the dialog between classic greek mythology and Brazilian cultural roots by incorporating orphic elements. Published in 1956, with the subtitle Tragédia Carioca (Carioca Tragedy), it has achieved significant success at the literature and movies scopes. It has stood out by the adaptations and references to original the myth inside the story, which takes place at the shanty towns of Rio de Janeiro city between the decades of 1950 and 1960. Pasquale Aniel Jannini, an Italian researcher and academic, published in 1961 the translation of Orfeu da Conceição into Italian language, under the title Orfeo Negro. By comparing the original text to the translation, it has been composed a corpus of terms and expressions that highlight cultural markers between the texts. After that step, these data had been classified and analyzed by the theoretical model Translation Modalities, by Francis Henrik Aubert (1998). This model consists of a translation research methodology derived from the concepts made by Vinay and Darbelnet concerning technical procedures of translation. One of the main differentials of this model is the possibility of making a quantitative and typological analysis of the highlighted elements on translation. Besides, the methodology selected for the observation of Orfeu da Conceição and Orfeo Negro, understands translation as a communication act between individuals and between social groups as well, taking on its role when comes to cultures, ideologies and different points of view. The purpose of the study of these collected cultural markers attempts to analyze approximations and distances between Orfeu da Conceição e Orfeo Negro, as well as to reflect on particularities and intercultural traits expressed between the texts. By applying the methodology of Aubert (1998) to the identified cultural markers, we have verified a major occurrence of the modality modulation, which has evidenced a predominant domesticating translation, according to the concepts of Venuti (1999). We have also verified a significant occurrence of errors among the most common modalities. Although this translation is considered a domesticating translation, it is relevant the fact that it contains the insertion of foreignizing elements, also according to the conceptualization of Venuti (1999). In our study, we have also aimed to observe if the cycle of translation would complete itself by an eventual Brazilian reader who knows the Italian language, in terms of self-recognition and recognition of his or her own culture on the translated text. For such question, we have reached an affirmative answer, added to the fact that the reading of the original text, Orfeu da Conceição, can be enriched by the contrastive analysis and the contact with the translation Orfeo Negro.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.