• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2014.tde-30092014-161630
Documento
Autor
Nome completo
Carla Cruz D'Elia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Marilia Mendes (Presidente)
Santos, Marcelo Giordan
Souza, Lynn Mario Trindade Menezes de
Título em português
O inglês para negócios no Brasil: um estudo de caso do uso da escrita por e-mail
Palavras-chave em português
Comunicação na administração
Ensino profissional e técnico
Escrita (linguística)
Língua inglesa
Negócios
Resumo em português
Esta dissertação insere-se no contexto de estudos do inglês como língua franca para negócios, em um cenário de expansão da comunicação internacional com o aumento do acesso à Internet e às suas ferramentas (LOUHIALA-SALMINEN & KANKAANRANTA, 2009). No Brasil, grande parte dos estudos na área de inglês para negócios é realizada sob a ótica da Abordagem Instrumental, com enfoque na elaboração de cursos de inglês para fins profissionais e na criação de material didático. Poucas contribuições foram encontradas sobre a escrita em inglês, parte integrante da comunicação corporativa que nos permite compreender como os indivíduos e instituições se organizam (BAZERMAN, 2005). Desta forma, com o intuito de contribuir para uma melhor compreensão sobre a realidade de uso da escrita corporativa em inglês no Brasil, esta pesquisa realizou um estudo de caso sobre o uso de e-mails em uma empresa brasileira de pequeno porte que oferece serviços de TI. A fundamentação teórica deste trabalho englobou conceitos da Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural (VYGOTSKY, 1996; LEONTIEV, 1981; ENGESTROM, 1987) e o conceito de gênero textual como ação social da Escola Nova Retórica (BAZERMAN, 2005). Como metodologia de coleta, foi solicitado o acesso à comunicação escrita em inglês por e-mail em dois projetos realizados pela consultoria de TI. Para proceder à análise dos dados coletados, utilizei os conceitos de atividade e contradições (ENGESTROM, 1987) e de gênero textual (BAZERMAN, 2005). Para a análise de questões de pragmática intercultural que surgiram no decorrer da pesquisa, foi utilizado o conceito de ato de fala (SEARLE, 1989) e a teoria da polidez (BROWN & LEVINSON, 1978; BLUM-KULKA & OLSHTAIN, 1984). A partir da análise da comunicação escrita por e-mail, foram realizadas entrevistas com participantes com o intuito de preencher lacunas encontradas. Os resultados deste trabalho indicaram evidências sobre (1) a relação instrumental entre a atividade de comunicação escrita e a atividade de consultoria de TI, sendo a primeira imprescindível para a segunda; (2) a necessidade de conhecimento de pragmática intercultural por parte dos integrantes para a redação de e-mails em um contexto multicultural; e (3) a caracterização do e-mail como suporte por meio do qual circulam diversos gêneros textuais. O estudo aponta para a necessidade de maior investigação sobre o ensino de pragmática intercultural em cursos de inglês para negócios, de forma a capacitar o mundo corporativo para enfrentar a cada vez mais frequente comunicação intercultural. Além disso, este trabalho busca refletir sobre o que é e-mail e como profissionais de negócios que interagem com o uso dessa ferramenta se comportam
Título em inglês
English for business in Brazil: case study of the use of writing by e-mail
Palavras-chave em inglês
Business
Communication in the administration
English language
Teaching professional and technical
Writing (linguistic)
Resumo em inglês
In the Information Age (BRANDT, 2005), English is considered to be the lingua franca for corporate communication. Its use has become more frequent in companies due to the growth of international communication and the expansion of access to the Internet and its tools (LOUHIALA-SALMINEN & KANKAANRANTA, 2009). In Brazil, most studies in the field, developed through the widely recognized ESP (English for Specific Purposes) perspective, have been restricted to investigating the design of English language courses and material. Few contributions have been dedicated to the study of English writing, which plays a central role in corporate communication and allows the understanding of how individuals and institutions are organized (BAZERMAN, 2005). Thus, aiming at contributing to a better view of the reality of corporate writing in English in Brazil, the present research has developed a case study on e-mail use in a small Brazilian Information Technology company. As a theoretical framework, this research has adopted the Cultural-Historical Activity Theory approach (VYGOTSKY, 1996; LEONTIEV, 1981; ENGESTROM, 1987) as well as the New Rhetorics concept of genre as a social action (BAZERMAN, 2005). For data collection, the technology consultancy company granted access to the written communication exchanged in English by e-mail in two different projects. In order to proceed with the analysis of the collected data, the concepts of activity and contradiction (ENGESTROM, 1987) as well as writing genre (BAZERMAN, 2005) were used. To further investigate intercultural pragmatics issues raised during analysis, this study relied on the concept of speech act (SEARLE, 1989) and politeness theory (BROWN & LEVINSON, 1978; BLUM-KULKA & OLSHTAIN, 1984). Questions raised during the written communication analysis were answered through interviews with participants in the projects. Our findings revealed that (1) the written communication activity is part of the technology consultancy activity, playing the role of a tool which is used by the participants towards the realization of the object; (2) that the lack of intercultural pragmatics knowledge by the e-mail writers became a barrier in a context of multicultural communication and also that (3) e-mails can be considered vehicles through which several different writing genres can be delivered, contradicting the idea that e-mail is a writing genre itself. This study suggests the need of further investigation on the teaching of cultural pragmatics in business English courses in order to enable participants in the corporate world to face the increasingly frequent intercultural communication. In addition, this research attempts to reflect on what e-mail is and also on how language is used in it in a business scenario
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.