• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-14092012-105147
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Teixeira Marques
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Vasconcelos, Sandra Guardini Teixeira (Presidente)
Almeida, Jorge Mattos Brito de
Bueno, André Luiz de Lima
Figueiredo, Vinicius Berlendis de
Moraes, Eliane Robert
Título em português
Fanny e Margot, libertinas: o aprendizado do corpo e do mundo em dois romances eróticos setecentistas
Palavras-chave em português
Libertinagem
Literatura erótica
Romance francês
Romance inglês
Século XVIII
Resumo em português
O objetivo desta tese é um estudo comparativo dos romances Fanny Hill, or Memoirs of a Woman of Pleasure (1748-1749), do inglês John Cleland, e Margot La Ravaudeuse (1750), do francês Jean-Charles Fougeret de Monbron. Os dois romances fazem parte do conjunto de narrativas eróticas libertinas que inundaram o emergente mercado livreiro europeu durante o Iluminismo e contam as memórias de duas jovens prostitutas respectivamente em Londres e Paris em meados do século. Partindo do pressuposto segundo o qual as duas narrativas se organizam num contínuo que oscila entre a sociabilidade e a individualidade, o objetivo desta análise comparativa é compreender como estes dois temas, fundamentais na experiência setecentista e no processo de formação do romance moderno, são formalizados nas memórias de Margot e Fanny Hill através de procedimentos estruturais recorrentes na literatura da libertinagem.
Título em inglês
Fanny and Margot, libertines: the learning of the body and the world in two eighteenth-century erotic novels
Palavras-chave em inglês
18th-century
English novel
Erotic literature
French novel
Libertinism
Resumo em inglês
The aim of this dissertation is a comparative study of the novels Fanny Hill, or Memoirs of a Woman of Pleasure (1748-1749), by John Cleland, and Margot la Ravaudeuse (1750), by Jean-Charles Fougeret de Monbron. Both novels are part of the body of erotic libertine narratives that flooded the emerging European book market during the Enlightenment and tell the memoirs of two young prostitutes respectively in London and Paris during the mid-18th-century. Assuming that the two narratives are organized according to a continuum which oscillates between sociability and individuality, the objective of this comparative analysis is to understand how these fundamental themes in 18th-century life as well as in the rise of the modern novel are formalized in the memoirs of Margot and Fanny through reccurring structural procedures found in libertine literature.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.