• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-08112007-154057
Documento
Autor
Nome completo
João Rodrigo Lima Agildo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Soares, Marcos Cesar de Paula (Presidente)
Allegro, Alzira Leite Vieira
Cevasco, Maria Elisa Burgos Pereira da Silva
Título em português
A crise da esquerda norte-americana em 'The Book of Daniel', de E.L. Doctorow
Palavras-chave em português
E.L. Doctorow
Esquerda norte-americana
Literatura e história
Literatura norte-americana
Pós-modernismo
Resumo em português
A problemática do narrador na teoria do romance aumenta à medida que as relações humanas se tornam mais complexas e abrangentes. Daí a importância de mostrar ao público o escritor norte-americano E.L. Doctorow e seu romance The Book of Daniel de 1971, uma vez que através da figura do narrador, neste romance, tem-se acesso às suas diferentes visões da História norte-americana. O sujeito no pós-modernismo (período em que o romance está inserido) perde a sua capacidade de organizar a narrativa de maneira homogênea, e esta assume, mais do que nunca, o caráter de narrativa fragmentária e de difícil vinculação com o tempo. Só resta, então, ter acesso a esta "realidade" histórica por meio de imagens e estereótipos proporcionados pelo narrador da história, daí o nosso interesse em mostrar como estas diferentes vozes da narração veiculam o conteúdo histórico pungente da narrativa, isto é, o comunismo dos anos 30 e 40 e a sua versão mais radical nos anos 60 e como isto pode contribuir para a discussão da relação entre narração e História.
Título em inglês
The American left crisis in 'The book of Daniel', by E.L. Doctorow
Palavras-chave em inglês
American Left
American Literature
E.L. Doctorow
Literature and History
Postmodernism
Resumo em inglês
The question of the narrator in the theory of the novel develops into a central issue as human relations become broader and more complex. Hence the importance of introducing to the readers the North-American writer E. L. Doctorow and his novel The Book of Daniel, written in 1971, in which, through the narrator, one is presented with his different views on the North American History. The subject in post-modernism (when the book was written) is no longer able to organize the narrative homogeneously, which becomes fragmentary and time problematic. Thus, this "historical reality" is only available through the images and stereotypes provided by the narrator, and our aim in this study is to show how these different voices (of the narrator) convey the historical content of the narrative, i.e, the comunism of the 30s and 40s, and its later radical version of the 60s, and how this analysis contributes to the discussion of the relationship between narration and History.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-11-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.