• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2018.tde-08052018-132334
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Ferrari de Oliveira Fiorot
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Mór, Walkyria Maria Monte (Presidente)
Currie, Karen Lois
Eluf, Cristina Arcuri
Souza, Lynn Mario Trindade Menezes de
Takaki, Nara Hiroko
Título em português
Epistemologias educacionais emergentes: um olhar crítico
Palavras-chave em português
Agência
Epistemologias
Escola
Letramento crítico
Resumo em português
Este trabalho de doutoramento busca problematizar a instituição Escola e as epistemologias tradicionais que a fundamentam. Parte-se do princípio de que vivemos no paradigma da complexidade, impulsionado pelo acesso às tecnologias, e, com isso, novas demandas no que diz respeito ao aprender, ler, agir e viver surgem. Diante da nova ordem mundial, do fácil acesso à informação, da interação com diversas culturas e da gama de textos presente no ciberespaço, pedagogias baseadas nas Teorias dos Multiletramentos e do Letramento Crítico emergem para dar conta das novas habilidades (criticidade, criatividade, flexibilidade e agência, etc.) cruciais ao aprendiz. Portanto, o objetivo deste trabalho é analisar e discutir (1) como se dá a construção de conhecimento numa instituição de ensino onde perspectivas educacionais emergentes (a meu ver) estão sendo implementadas e (2) se essas perspectivas educacionais emergentes, já em andamento, estão contribuindo para a formação do cidadão crítico, agente e transformador. Discute-se também de que forma essas perspectivas estão contribuindo para formar o cidadão para o letramento crítico e agência. Para responder a essas perguntas, foi escolhido um projeto escolar situado no interior do estado de São Paulo, cuja proposta educacional situa-se numa epistemologia não convencional, para a vivência da pesquisadora. Os dados, portanto, foram gerados segundo uma metodologia de pesquisa qualitativa, de cunho etnográfico, a partir do diário de campo da mesma, construído durante intensa vivência no Projeto, além da análise de dois documentos oficiais que regem sobre a proposta pedagógica da escola. Dentre as percepções da pesquisadora estão o fato de que, apesar de haver coexistência de epistemologias tradicionais e não tradicionais no Projeto estudado, há uma grande ruptura em relação às epistemologias tradicionais no que diz respeito ao espaço físico, aos saberes, às hierarquias e aos conceitos de professor, ensino e de aula. Há, no entanto, três questões passíveis de ressignificação: a fragmentação do conhecimento, o controle e o conceito de coletividade. Apesar disso, esta proposta educacional contribui, sem dúvida, para a formação do cidadão crítico, agente e transformador.
Título em inglês
Emerging educational epistemologies: a critical look
Palavras-chave em inglês
Agency
Critical literacy
Epistemologies
School
Resumo em inglês
This doctoral work seeks to problematize the school as an institution and the traditional epistemologies that underlie it. It is assumed that we live in the paradigm of complexity, driven by access to technologies and with this, new demands as to learning, reading, acting and living arise. Faced with the new world order, easy access to information, interaction with diverse cultures and the range of texts present in cyberspace, pedagogies based on Multiliteracies and Critical Literacy arise to account for the new abilities (criticality, creativity, flexibility and agency, etc.) that are crucial to the learner. Therefore, the objective of this paper is to analyze and discuss (1) how knowledge construction takes place in an educational institution where emerging educational perspectives are (as I see it) being implemented and (2) whether these emerging educational perspectives are contributing to the development of the critical citizen, able to act and transform his / her localities. How these perspectives are contributing to the development of the citizen for critical literacy and agency is also addressed in this work. To answer these questions, a school project, located in the State of São Paulo, was chosen due to the epistemological unconventionality of its educational proposal. The data were generated through qualitative ethnographic research, through a research journal constructed by the researcher, as well as through the analysis of two documents that explain the pedagogical proposal of the institution. Among the researcher's perceptions are the fact that, despite the existence of traditional and non-traditional epistemologies in the Project studied, there is a great rupture in relation to traditional epistemologies regarding physical space, knowledges, hierarchies and concepts of teacher, teaching and class. There are, however, three possible issues of re-signification: the fragmentation of knowledge, control and the concept of collectivity. Nevertheless, this educational proposal undoubtedly contributes to the development of the critical citizen, able to act and transform the world.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.