• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-05082015-132524
Documento
Autor
Nome completo
Gabriela Tozzo Schumann
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Betti, Maria Silvia (Presidente)
Flores, Fulvio Torres
Puglia, Daniel
Título em português
Famílias em ruínas: um estudo sobre a peça A lie of the mind, de Sam Shepard
Palavras-chave em português
Ideologias
Representação da família
Sam Shepard
Teatro norte-americano
Resumo em português
Esta dissertação tem como objetivo analisar a representação dramatúrgica da família na peça A Lie of the Mind, do dramaturgo estadunidense Sam Shepard, e os recursos por meio dos quais essa representação, tal como realizada, configura elementos de crítica à ideologia dominante relacionada ao papel da família no contexto sócio-histórico do país. Serão levantados, aqui, os aspectos formais da peça, principalmente os que se relacionam com a estética expressionista e com outros expedientes de criação que a distanciam do drama convencional. O objeto do estudo é o texto dramatúrgico original da peça (e não sua encenação). A análise tratará dos aspectos textuais e contextuais da peça e com base neles examinará as relações familiares figuradas em A Lie of the Mind como representativas e intrínsecas à situação social das personagens.
Título em inglês
Ruined families: a Study on the play A lie of the Mind, by Sam Shepard
Palavras-chave em inglês
Ideology
North-American drama
Representation of family
Sam Shepard
Resumo em inglês
This dissertation aims at analysing the dramaturgical representation of family in the play A Lie of the Mind, by the North-American playwright Sam Shepard, and the means through which this representation, as developed in the text, brings forth elements of criticism to the dominant ideology related to the role of the family in the countrys socio-historical context. Formal aspects of the play will be approached, mainly the ones related to Expressionism and to other creative resources that drive it away from conventional drama. The study object is the original text of the play (and not the play in performance). The analysis will deal with textual and contextual aspects of the play and, based on them, will examine the familial relations that are represented in A Lie of the Mind as representative and intrinsic to the social situation of the characters.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.