• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2008.tde-05022009-113813
Documento
Autor
Nome completo
Nara Hiroko Takaki
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Mór, Walkyria Maria Monte (Presidente)
Braga, Denise Bértoli
Carmagnani, Anna Maria Grammatico
Paiva, Vera Lúcia Menezes de Oliveira e
Souza, Lynn Mario Trindade Menezes de
Título em português
Letramentos na sociedade digital: navegar é e não é preciso
Palavras-chave em português
Autoria
Conhecimento
Educação
Espaço digital
Hermenêutica crítica
Resumo em português
Considerando-se que a tecnologia assume um papel importante nos debates atuais sobre educação em virtude da rapidez e multiplicidade de seus efeitos na sociedade em rede (Castells, 2006), a presente pesquisa enfoca os letramentos como questão crucial à aprendizagem. O objetivo desta tese é investigar como estudantes universitários, usuários da Internet, de diferentes cursos, em universidades públicas e privadas, constroem sentidos, a partir de seus contextos sócio-culturais, em relação às diferentes formas de prática social e respectivas epistemologias. Para realizar esta pesquisa, um site foi criado no qual os participantes, hiperleitores, interagiam entre si, escolhendo temas de uma gama de modalidades as quais incluíam imagens, vídeo games, charges, conteúdo de emails, filmes, músicas, lendas urbanas e notícias de outras formas midiáticas. Esta tese baseia-se em concepções recentes sobre letramentos, principalmente o letramento crítico, como uma prática social. Nessa perspectiva, a construção de epistemologia, realidade e autoria são sempre concebidas como sendo situadas, múltiplas, contestáveis e sujeitas à transformação, conforme salientam Cope, Kalantzis, 2000; Gee, 2004; Lankshear, Knobel, 2005; Muspratt, Luke, Freebody, 1997. Nesta, procuro estabelecer uma conexão entre letramento crítico, hermenêutica crítica (Ricoeur, 1978) e desconstrução (Derrida, 1997). A conclusão revela que a Internet representa um espaço propício para a construção de conhecimento e sugere, como no título Letramentos na sociedade digital: navegar é e não é preciso, que certeza e incerteza coexistem no processo de navegação, conforme a construção de sentidos dos participantes na qual visões convencionais e mais críticas se mesclam.
Título em inglês
Literacies in the digital society: navigating is and is not precise
Palavras-chave em inglês
Authorship
Critical hermeneutics
Digital space
Education
Knowledge
Resumo em inglês
Bearing in mind technology has played a very important role in contemporary debates about education due to its rapid and multiple effects in network society (Castells, 2006), this research assumes literacies as absolutely central to learning. The aim of this dissertation is to investigate how university students, familiar with the Internet, majoring in various courses, from private and public universities, construct meanings, from and with their historical contexts, in relation to different forms of social practices along with the kind of epistemology embedded with them. In order to carry out this investigation, a site was built in which the participants of this research, hyperreaders, interacted with each other through choosing to discuss issues from an array of modalities including images, video games, animated jokes, email contents, films, music, urban legends, current news from other media. This dissertation draws on contemporary notions of literacies, mainly critical literacy, as a social practice. From this perspective, it is assumed that the construction of epistemology, reality and authorship are always contextualized, multiple, questionable and subject to transformations, according to Cope, Kalantzis, 2000; Gee, 2004; Lankshear, Knobel, 2005; Muspratt, Luke, Freebody, 1997. The study connects critical literacy, critical hermeneutics (Ricoeur, 1978) and deconstruction (Derrida 1997). The conclusion reveals that the Internet represents a propitious space for knowledge construction and it suggests, as in the title Literacies in the digital society: navigating is and is not precise, that both certainty and uncertainty coexist in the process of navigation through the participants´ meaning making in which conventional and more critical views are intertwined.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.