• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Constança Lefévre Guimarães Vigneron
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Pietraroia, Cristina Moerbeck Casadei (Presidente)
Corrêa, Lilian Cristina
Costa, Heloisa Brito de Albuquerque
Zucchi, Angela Maria Tenorio
Título em português
A gastronomia na aprendizagem do léxico em FLE: memória, sentidos e afetividade
Palavras-chave em português
Emoção
Francês língua estrangeira
Gastronomia
léxico
Memória
Resumo em português
Esta pesquisa apresenta as reflexões desenvolvidas sobre alguns fatores envolvidos no processo de ensino-aprendizagem do francês língua estrangeira (FLE). Servindo-nos da gastronomia, aspecto icônico da cultura francesa, e do seu campo lexical específico, buscamos provocar o encontro do aprendiz, por meio de sua história pessoal e de sua subjetividade, com a cultura e a língua do outro, alvo do seu aprendizado. Nossa hipótese é que as emoções positivas suscitadas pelo tema escolhido podem ser buscadas na memória para influir no resultado da aprendizagem. Nesse processo, a memória desempenha papel fundamental, tanto como fonte dessas emoções como no registro do conteúdo a ser aprendido e no seu resgate. Para analisar essa hipótese, foi realizada uma experiência baseada nos princípios da pesquisa-ação com um grupo de estudantes universitários em início de aprendizagem. A partir de um reality-show de culinária da televisão francesa, desenvolvemos e ministramos um minicurso onde os aprendizes foram levados a produzir um depoimento pessoal, em forma de filme, para falar de um doce apreciado em suas famílias. Além do filme, eles desenvolveram um léxico colaborativo no campo específico da gastronomia. Do ponto de vista teórico, nos baseamos, para as questões referentes ao papel das emoções, nos trabalhos de Freire (1996), Hubert (2006), Isen (1987), Krashen (1987), Mastrella (2011) e Revuz (1998); para abordar o papel cultural e a função de discurso da gastronomia, nos estudos de Amon (2008), Dória (2014, 2015) e Ory (1998, 2013), e, no que diz respeito ao ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira e de seu léxico, em Klein (1989), Leffa (2000), Pietraroia (2000, 2001, 2013) e Zucchi (2010). Como a memória perpassa essas questões e aparece em todos os temas abordados, além dos autores já citados, utilizamos a obra dos irmãos Tadié (1999) como referência. A pesquisa teve como objetos de análise as produções realizadas pelos participantes, e um questionário e uma entrevista feitos após o curso em dois momentos distantes em onze meses. A análise do material coletado mostra um ganho importante de autonomia, um bom domínio do vocabulário e um funcionamento eficiente da memória, o que provocou um aumento da autoconfiança dos aprendizes e, consequentemente, um desenvolvimento positivo de suas produções.
Título em inglês
The gastronomy in the process of learning the lexicon in FFL: memory, senses and affectivity
Palavras-chave em inglês
Emotion
French as a foreign language
Gastronomy
Lexicon
Memory
Resumo em inglês
This research presents the reflections developed on some of the factors involved in the teaching-learning process of French as a Foreign Language (FFL). Through gastronomy - an iconic aspect of French culture - and of its specific lexical field, we seek to provoke the encounter of the learner, through his personal history and his subjectivity with the culture and language of the other, target of his learning. Our hypothesis is that positive emotions, raised by the chosen subject, can be searched in memory to influence the learning outcome. In this process, memory plays a fundamental role, as much as acting as the source of these emotions, but also in recording and rescuing the content to be learned. In order to analyze this hypothesis, we carried out an experiment based on the principles of action- research with a group of college students that were in the beginning of the learning process. Using a French reality-show on cooking as trigger we developed and applied a pilot course in which the apprentices were led to produce a personal testimony in film form, to talk about a dessert that is appreciated by their families. Besides the film, a collaborative lexicon specific to the gastronomic field was developed during the course. As a theoretical reference, we rely on questions related to the role of emotions in the works of Freire (1996), Hubert (2006), Isen (1987), Krashen (1987), Mastrella (2011) and Revuz (1998); to address the cultural role and discourse function of gastronomy, in the studies of Amon (2008), Doria (2014, 2015) and Ory (1998, 2013), and as for the teaching-learning process of a foreign language and its lexicon, in Klein (1989), Leffa (2000), Pietraroia (2000, 2001, 2013) and Zucchi (2010). As memory permeates these issues and appears in all previous themes, in addition to the authors previously quoted, we also used the work of the Tadié brothers (1999) as reference. The research had as analysis object the productions made by the participants, as well as a questionnaire and an interview made after the course in two moments with an eleven month distance between them. The analysis of the collected material shows an important autonomy gain, mastery of the vocabulary and efficient functioning of memory that led to a self-confidence reinforcement of the learners and, consequently, a positive development in their productions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.