• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-24112010-124607
Documento
Autor
Nome completo
Lucília Souza Lima Teixeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Mouzat, Alain Marcel (Presidente)
Pietraroia, Cristina Moerbeck Casadei
Scaramucci, Matilde Virginia Ricardi
Título em português
Intersecções entre a leitura, tradução e avaliação: desdobramentos para o ensino
Palavras-chave em português
Avaliação
Exame de proficiência
FLE
Francês instrumental
Leitura em LE
Resumo em português
Percorremos nessa pesquisa caminhos entre a leitura, tradução e avaliação que muitas vezes se cruzam, como na didática de línguas e nos estudos cognitivos. Os processos e estratégias de tradução, forçosamente, demandam variados tipos de leitura em língua estrangeira que, por sua vez, ativam outras estratégias em diferentes momentos, como a leitura do texto traduzido feita em comparação ao texto original, denominada leitura crítica da tradução. A prática da tradução exercita a leitura, ao mesmo tempo em que faz com que o leitor-tradutor reflita sobre suas próprias atividades e percursos. A avaliação da compreensão escrita de um texto em língua estrangeira é a finalidade dos exames universitários de proficiência que representam uma das etapas exigidas durante processo seletivo para o mestrado e doutorado nos programas de pósgraduação. Esses exames podem ter diferentes modalidades dentro de um mesmo centro aplicador ou universidade, como acontece na USP. Em alguns casos, exige-se a tradução, se não integral, de um trecho do texto para o qual também são feitas outras questões: dissertativas, múltipla escolha ou opção por verdadeiro ou falso. Nessa pesquisa, analisamos as traduções de trechos de textos de exames de proficiência em francês feitas por candidatos aos programas de pós-graduação para o mestrado e doutorado na ECA, nos anos 2002, 2004, 2005 e 2006, e na Faculdade de Letras, nos anos 2004, 2006 e 2007. Os trechos de tradução foram inseridos no programa WordSmith Tools, que ajuda a visualizar um corpus para que seja analisado, por isso muito usual nas pesquisas em Linguística de Corpus. Confrontamos nossas postulações de erros com as soluções, dificuldades, problemas e procedimentos encontrados no corpus. Considerando o objetivo do exame de proficiência e como não há indícios de um método de correção da tradução no corpus, procuramos distinguir os erros de leitura dos de expressão escrita e compreender as estratégias utilizadas pelos candidatos. Essa distinção deveria estar presente nos critérios de correção que deveriam ser explicitados pelos elaboradores para que pudessem ser conhecidos de antemão pelos candidatos. Dentro da USP, é crescente a busca por preparo aos exames de proficiência nos cursos instrumentais, entre eles o de francês, que têm como principal foco a compreensão de textos em língua estrangeira. Para que os atuais alunos leiam suas bibliografias e sendo, alguns desses também futuros candidatos a essas provas, devese atentar para os exercícios de tradução, já que esses trabalham e revelam a compreensão do leitor-tradutor. Nosso objetivo é refletir sobre os critérios de avaliação dos exames e contribuir para o ensino da leitura em FLE, auxiliando os cursos instrumentais a incorporarem a prática da tradução, apresentando seus benefícios para a leitura.
Título em inglês
Intersections between reading, translation and assessment: developments in teaching
Palavras-chave em inglês
Assessment
FFL
Proficiency examination
Reading in an FL
Reading in french
Resumo em inglês
In this research we go through the paths between reading, translation and assessment that often intersect, like in language teaching and cognitive studies. The processes and strategies of translation strongly require different kinds of reading in a foreign language, which, in their turn, activate other strategies at different times, like reading the translated text and comparing it to the original text, which is called critical reading of translation. The practice of translating exercises the reading process, at the same time that it makes the reader-translator reflect on their own activities and pathways. The assessment of reading comprehension of a text in a foreign language is the purpose of the university proficiency exams that represent one of the steps required during the selection process for masters and doctorate programs in graduate school. These exams may have different modalities within a single applying centre or university, as it occurs at USP. In some cases it is required the translation of a texts extract, if not the whole text, and questions about it are made, which can be in form of essay, multiple choice or true or false options. In this research, we analyse the translation of excerpts from texts of French proficiency exams taken by candidates for postgraduate programs for master's and doctorate at ECA, in the years 2002, 2004, 2005 and 2006, and at the Faculty of Arts, University of Sao Paulo, in the years 2004, 2006 and 2007. The excerpts were entered into the translation program WordSmith Tools, which helps to visualise a corpus that will be analysed, being very used in Corpus Linguistics polls. We confronted our supposed mistakes with the solutions, difficulties, problems and procedures found in the corpus and verified whether the exercise of translation reveals (in) comprehension by the candidates. Inside USP there is an increase of search for reading courses that prepare to the proficiency exams, and that includes the Reading in French course, which focuses on reading comprehension in a foreign language. For the current students to read their bibliographies, and being some of them future candidates to the proficiency exams, it is important that the reading courses give special attention to the translation exercises, since they show and work on the comprehension of the reader-translator. Our aim is to reflect on the assessment criteria of the exams and contribute to the teaching of reading in FFL, assisting reading courses to incorporate the practice of translation, by presenting its benefits for reading.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-11-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.