• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-16092015-153056
Documento
Autor
Nome completo
Camila Amaral Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Costa, Heloisa Brito de Albuquerque (Presidente)
Lousada, Eliane Gouvêa
Marinelli, Vera Lucia
Título em português
Representações culturais de estudantes brasileiros sobre a França no programa de Duplo Diploma da Poli-USP
Palavras-chave em português
Duplo Diploma
Francês Língua Estrangeira
Intercultural
Mobilidade estudantil
Representação cultural
Resumo em português
O presente estudo tem por objetivo identificar, analisar e comparar as representações culturais de estudantes brasileiros em mobilidade estudantil sobre a França: antes e depois dos primeiros seis meses da experiência de intercâmbio no país estrangeiro. A pesquisa foi realizada com um grupo de estudantes da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), selecionados para realizar o programa de Duplo Diploma em uma instituição de ensino superior na França e que fizeram o Curso de Francês para Iniciantes (CFI), módulo Mobilité France, oferecido pelo Centro Interdepartamental de Línguas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. O referencial teórico desta pesquisa baseia-se nos conceitos de representações sociais e culturais presentes em Moscovici (1990) e Jodelet (1990), também retomados por Seca (2003) e Castellotti & Moore (2002), que trazem a definição de estereótipo. Relações entre língua e cultura, e abordagem intercultural no contexto de ensino-aprendizagem de Francês Língua Estrangeira (FLE) são temas apresentados e discutidos com base em Abdallah-Pretceille (2005), Castellotti & Moore (2002), Windmüller (2011), Puren (2005), Cuq (2003), De Carlo (1998), Beacco (2000). A metodologia de pesquisa é qualitativa e consiste em uma coleta inicial de informações sobre o contexto e a demanda atual para a internacionalização, seguida pela coleta de dados por meio de pré-teste, entrevistas semiestruturadas e questionários com os alunos do grupo participante da pesquisa e, por fim, pela análise de conteúdo dos dados obtidos. Pretende-se, com isso: 1) identificar e comparar as representações culturais dos participantes; 2) discutir os impactos da experiência de intercâmbio na formação desses estudantes; 3) fornecer dados de reflexão para a preparação linguística e cultural de estudantes que almejam participar de um programa de mobilidade internacional universitária na França.
Título em inglês
Cultural representations of Brazilian students over France in the Poli-USP Double Degree Program
Palavras-chave em inglês
Cultural representation
Double Degree
French as Foreign Language
Intercultural
Student mobility
Resumo em inglês
This study aims to identify, analyze and compare the cultural representations of Brazilian students in student mobility over France: before and after the first six months of the experience of exchange in the foreign country. The survey was conducted with a group of students from the Polytechnic School of the University of São Paulo (Poli-USP), selected to perform the Double Degree program at an institution of higher education in France and who have taken the French for Beginners Course (CFI), France Mobility module, offered by the Language Centre of the Faculty of Philosophy, Letters and Human Sciences. This research theoretical framework is based on the concepts of social and cultural representations, presented by Moscovici (1990) and Jodelet (1990), also taken up by Seca (2003) and Castellotti & Moore (2002), which brings up the notion of stereotype. Relations between language and culture, and intercultural approach in the teaching and learning context of French as Foreign Language (FLE) are themes presented and discussed based on Abdallah-Pretceille (2005), Castellotti & Moore (2002), Windmüller (2011), Puren (2005), Cuq (2003), De Carlo (1998), Beacco (2000). The research methodology is qualitative and consists of an initial collection of information about the context and the current demand for internationalization, followed by collecting data through pre-test, semi-structured interviews and questionnaires with the students of the participating group research, and finally the content analysis of the data. The aims are these: 1) identify and compare the cultural representations of the participants; 2) discuss the impact of the experience of exchange in these students education; 3) provide reflection data for linguistic and cultural preparation of students who aim to join a university international mobility program in France.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.