• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-03122015-151237
Documento
Autor
Nome completo
Paula Caldas Frattini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Jorge, Veronica Galindez (Presidente)
Amaral, Gloria Carneiro do
Arbex, Márcia Maria Valle
Fabbrini, Ricardo Nascimento
Nova, Vera Lúcia de Carvalho Casa
Título em português
Balzac e a figurabilidade: cenas de figuração e desfiguração humana
Palavras-chave em português
Balzac
Descritivo
Figurabilidade
Romance francês
Século XIX
Resumo em português
O problema que o presente estudo procurou delimitar refere-se à relação entre a escritura balzaquiana e a figurabilidade. Diferentemente das questões que se aplicam ao campo pictural, a escritura balzaquiana procura no interior de sua expressão o processo de estruturação e os modelos da produção figurativa. Ao descartar a noção de homologia, a escritura balzaquiana procura, na verdade, competir com as Artes Plásticas no intuito de conceder ao texto ficcional a mesma potencialidade visual do campo pictural. A análise, então, aproxima-se mais do trabalho de figuração presente no tecido narrativo do que da significação do objeto figurativo. Essa visada crítica corresponde ao que é proposto como um estudo da figurabilidade. O eixo de análise proposto possibilitou a abertura deste estudo à Comédie Humaine sem a obrigatoriedade de um recorte temático que implicaria a escolha de determinados romances, uma vez que no trabalho figurativo detectamos um desejo estético fundamental à poética balzaquiana. Um desejo que produz um movimento intenso, não necessariamente coeso e pronto às explorações mais radicais, como as desfigurações. Nesse espaço do texto, o traço figural, o qual se opõe ao figurativo, foi aprofundando. Tal distinção vale ressaltar que se trata de uma distinção entre figural e figurativo em relação à escritura balzaquiana compõe igualmente a discussão pretendida por este estudo.
Título em inglês
Balzac and figurability: scenes of human figuration and defiguration
Palavras-chave em inglês
19th century
Balzac
Descriptive
Figurability
French novel
Resumo em inglês
The problem this work has tried to circumscribe refers to the relationship between Balzacs writing and the figurability. Distinctly of the topics that concern the pictorial ground, Balzacs writing pursuits within its own expression the structural process and the models of the figurative production. When Balzacs writing avoids the notion of homology, what it truly desires is to compete with the visual arts in order to endow the fictional text with the same potentiality of the pictorial ground. Thus, the approach of this analysis is closer to the work of figuration woven in the narrative tissue than to the signification of the figurative object. This critical perspective corresponds to a study of figurability as suggested. The proposed axis of this analysis enabled this study an opening to the Comédie Humaine without the obligation of a thematic choice, which would entail an election of defined novels, considering that in the work of the figuration we observe an aesthetic desire essential to Balzac's poetics. A desire that imposes an intense movement, that is not necessarily cohesive, and it is set to accomplish radical experiences, such as the disfiguration. In this space of the text the figural trait, which is opposed to the figurative, was developed. The present study also aims the discussion of this distinction it is worthwhile to emphasize that we refer to a distinction between figural and figurative concerning Balzacs writing.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.