• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-18032009-103159
Documento
Autor
Nome completo
Jéssica Aracelli Rocha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Hosiasson, Laura Janina (Presidente)
Gelado, Gladys Viviana
Olmos, Ana Cecilia Arias
Título em português
Borges e o realismo: o outro da literatura borgeana
Palavras-chave em português
Biografismo
Borges
Engajamento
Mimesis
Realismo
Verossimilhança
Resumo em português
Busca compreender o conto El Otro, de Jorge Luis Borges. Para tanto, efetua sua análise formal; acrescida pelo exame de um corpus secundário. Uma vez que a narrativa apresenta dois personagens autobiográficos, sendo o jovem similar e estranho à produção deste autor, é necessário comparar tal personagem à obra borgeana de juventude, no tocante ao realismo, engajamento, biografismo e ultraísmo. Verifica que o Borges de 1918 a 1920 não exibe tais concepções literárias, exceto pelo ultraísmo. Na segunda etapa juvenil, entre 1921-1928, encontra ultraísmo, biografismo e alguns pontos de contato, com elementos do realismo. Contudo, observa a existência de realismo, engajamento, biografismo e ultraísmo no contexto literário argentino dos anos vinte. Os três primeiros rasgos estão especialmente ligados ao grupo boedista. No entanto, como o conto alude ao Modernismo, entende-se que não só o Realismo, mas toda a geração de vinte é contemplada na figura do personagem mais novo. Na leitura do conto, entende que as personagens produzem um diálogo entre a obra borgeana e a geração argentina dos anos vinte, na qual, o jovem Borges da realidade fica incluso. A matéria sob o diálogo, tanto nas estruturas quanto na temática, consiste de uma série de questionamentos ao realismo. Essas representações também podem ser lidas enquanto duas atitudes fundamentais diante da arte literária. Entende-se que em Nota sobre Walt Whitman há uma oposição aos postulados boedistas, no tocante ao biografismo. Como a segunda etapa juvenil apresenta concepções biografistas, verifica que este ensaio de 1932 (a Nota) assinala uma mudança. Por isto, propõe que a polêmica Boedo-Florida foi um momento importante para a transformação ocorrida entre a obra juvenil e a obra madura. Em seu Prólogo, Domingos F. Sarmiento: Facundo, encontra objeções ao realismo e ao engajamento. Nos pressupostos, foi destacado que o autor começa um combate aos postulados realistas na década de trinta. Uma vez que o prólogo é escrito em 1974, compreende-se, que através de seus ensaios, o autor está em constante diálogo com o realismo. Interpreta em La Postulación de la Realidad a divisão borgeana entre dois modos de fazer literatura: o clássico e o romântico. Com isso, entende-se que estes modos literários genéricos, propostos neste ensaio, possuem um paralelo com os modos derivados das personagens e estruturas do conto analisado. Ao mesmo tempo, percebese que o modo realista / romântico (expressivo) está ligado à obra juvenil, ao passo que o modo clássico (alusivo) é associável à obra borgeana da maturidade. Ademais, no conto, El Milagro Secreto, encontra uma das técnicas clássicas, gerando alta verossimilhança (efeito buscado pelas obras românticas). Igualmente esta é uma técnica recorrente em algumas obras realistas. Assim, o uso dos detalhes circunstanciais representa um ponto de contato entre a obra borgeana e o realismo. No entanto, concluise que a utilização deste recurso ainda pode ser vista como uma crítica a esta estética.
Título em inglês
Borges and the realism: the other of the Borgesean works
Palavras-chave em inglês
Biographism
Borges
Engagement
Mimesis
Realism
Verisimilitude
Resumo em inglês
This dissertation tries to understand El Otro, a short story by Jorge Luis Borges. In order to achieve this goal, we make an analysis of it and of a secondary group of texts. As the narrative has two autobiographical characters, and the youngest of them seems different from the author and his first books, it is necessary to compare this character with this authors youth works (essays) in relation to realism, engagement, tendency to look for relations between literature and the authors life (called biographism in this paper), and ultraism. The first chapter confirms that the young Borges (1918-1920) does not present these characteristics in his evaluation of literature, except for ultraism. In a later period of his youth (1920-1928), there is ultraism and biographism and some relations with the realistic way of literary construction. However, there were realism, engagement, biographism and ultraism in the Argentine literary context of the twenties. The three first can be associated with the writers in the Boedo group. However, the story alludes to Modernism too; so it is possible to understand that the young character in the short story is related to the generation of Argentine writers in the twenties. The reading of the short story shows that it produces a dialog between the borgesean literature and the Argentine writers of the twenties, including the young Borges. The dialog and the narrative resources reveal that realism is criticized. These two representations can be read as two generic ways to deal with literature. So, it is possible to state, that in Nota sobre Walt Whitman, there is an opposition to the way boedists dealt with biographism. As Borges second youth period does not present biographism, we affirm that this essay captures a transformation. Therefore, we can confirm that the controversy between the groups, Florida and Boedo, may have been an important moment between Borges youth books and his well known works. In his preface Domingos F. Sarmiento: Facundo, new objections to realism and engagement can be found. In the first chapter it is asserted that Borges fights realism since the thirties. Thus, if the preface was written in 1975, we can assert that this authors critical texts are in dialog with realism. The essay La Postulación de la Realidad shows the borgesean classification of literature: the classical way and the romantic way of writing. Thus, we verify the existing parallel between this essay and the short story analyzed. This text shows that the romantic way has a connection with the second period of Borges youth works, while the classical way is related to his mature works. Other borgesean short story, El Milagro Secreto, uses one of the classical techniques to generate verisimilitude, but this is a technique commonly used by realists too. Therefore, this story shows that there is a contact point linking the borgesean works and realism. This same technique keeps a final objection to realism.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.