• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2006.tde-14122006-162306
Documento
Autor
Nome completo
Fatima Aparecida Teves Cabral Bruno
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Gonzalez, Neide Therezinha Maia (Presidente)
Fanjul, Adrian Pablo
Fernandes, Márcia Paraquett
Paiva, Vera Lúcia Menezes de Oliveira e
Rodrigues, Angela Cecilia de Souza
Título em português
Lo que uno/a comprende, lo que uno/a dice - compreensão e produção do espanhol como língua estrangeira por adultos brasileiros em situação de ensino e aprendizagem
Palavras-chave em português
Ensino de língua estrangeira
Ensino e aprendizagem
Língua espanhola (gramática/ estudo/ ensino)
Resumo em português
Esta tese dedica-se a observar, a partir de um teste experimental, o processamento (momento em que os aprendizes manipulam os dados da língua estrangeira) da forma uno/a do espanhol, utilizada para referências ora mais ora menos genéricas, bem como o processo (sucessão de estados ou de mudanças, no nosso caso, ao longo da aplicação dos testes) pelo qual passam esses aprendizes de língua espanhola - de diferentes grupos, com diferentes características, que têm como língua materna o português brasileiro - ao enfrentarem a tarefa solicitada. O aprendiz, ao passar por diferentes momentos de processamento da forma uno/a, que vemos como um processo, às vezes consegue e outras vezes não consegue compreender os sentidos que essas formas podem recobrir no espanhol, o que ocorre tanto com aquele aprendiz que recebeu instrução formal sobre a forma uno/a como com aquele que não a recebeu. Com base nos dados aos quais o aprendiz se viu exposto, este por vezes produz e por vezes não produz enunciados adequados na língua estrangeira, assim como também produz novas possibilidades compatíveis com esse fenômeno tão peculiar que é a interlíngua, que concebemos como variável e sincrética. Com base na experiência realizada, defendemos nesta tese, que produção e compreensão são processos sistêmicos e simultâneos realizados pelos aprendizes em cada processamento, valendo-se de seus conhecimentos prévios de natureza gramatical e pragmático-discursiva, tanto da língua estrangeira que está aprendendo, quanto da sua língua materna, bem como de suas experiências anteriores e de seus conhecimentos de mundo. Isto significa dizer que o aprendiz, tal como qualquer sujeito, possui "(...) um cérebro para a linguagem, não só para a gramática" (Possenti, 1992: 75) e, por isso, passamos a considerá-lo um sujeito complexo. O modelo interpretativo que defendemos tem sua base epistemológica na teoria da complexidade, visto que, no momento do processamento, as informações que vêm da gramática, do discurso, da pragmática e de outros conhecimentos prévios interagem simultaneamente como um sistema dinâmico, porque obedecem a uma organização que alterna entre estabilização e desestabilização, imprevisibilidade, instabilidade e descontinuidade
Título em inglês
Lo que uno/a comprende, lo que uno/a dice - comprehension and production by Brazilian adults learning Spanish as a foreign language
Palavras-chave em inglês
Education and learning
Learning foreign language
Spanish (grammar/ study/ learning)
Resumo em inglês
This thesis presents experimental research regarding the processing (moment in which beginners manipulate the foreign language data) and the process (sequence of conditions or changes; in our study, a sequence of tests) of the use of the Spanish form uno/a (used for more or less generic references) by different groups of Brazilian students learning Spanish as a foreign language in Brazil. Different outcomes result when the beginner undergoes different processing experiences of uno/a. Both the beginner who received the formal instruction about uno/a and the one who did not sometimes do and sometimes do not understand the different meanings of these forms in Spanish. In spite of the input to which the beginners are exposed to, they may or not produce adequate utterances in the foreign language and they can also create new uses consistent with the interlanguage phenomenon, conceived as variable and syncretic. In this thesis, production and comprehension are defended as systemic and simultaneous processes performed by the beginners in each processing procedure, articulated with their previous grammatical, discursive and pragmatical knowledge both of the foreign and native language, including also their previous experiences and knowledge of world. That is to say that the beginner, as anyone else, possess "(...) a brain for the language, not only for the grammar" (Possenti, 1992: 75) and, therefore, can be viewed as a complex being. The interpretative model defended in this work has its epistemological basis in the complexity theory. Second language processing is seen as a complex dynamic system which simultaneously relate grammar, discourse, pragmatics and other previous knowledge into an organization that changes itself from stability to instability, imprevisibility and discontinuity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.