• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2006.tde-08082007-140937
Documento
Autor
Nome completo
Elvira Blanco Blanco
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Schwartz, Jorge (Presidente)
Milton, Heloisa Costa
Natali, Marcos Piason
Schmidt, Guillermo Francisco Giucci
Titan Junior, Samuel de Vasconcelos
Título em português
La creación de un imaginario: la generación literaria del 45 en Uruguay
Palavras-chave em português
Ficção urbana
Geração uruguaia de 45
Imaginário social
Literatura latino-americana
Literatura uruguaia
Resumo em português
O presente trabalho se centra em uma nova leitura da geração literária de 45, no Uruguai. São estudados, principalmente, dois aspectos: primeiro, a análise dos elementos constitutivos do novo imaginário que a geração de 45 imputou à sociedade e, segundo, a identificação dos mecanismos de poder que a geração utilizou para alcançar um lugar de destaque dentro da sociedade de sua época. A tese que se propõe, ao contrário do que tradicionalmente afirmam os críticos literários é a de que a geração de 45, ao invés de romper totalmente com o imaginário anterior da sociedade uruguaia, é portadora de elementos que se originam em imaginários anteriores, elementos presentes na cultura uruguaia desde os primórdios de sua constituição.Trabalha-se, principalmente, o espaço ficcional urbano que a geração descortina em diferentes textos, por considerá-lo privilegiado para a constituição do novo imaginário. A abordagem se centra tanto na ficção - especialmente de J.C. Onetti, C. Martínez Moreno e Mario Benedetti - quanto em ensaios - C. Real de Azúa, E. Rodríguez Monegal e A. Rama
Título em inglês
The creation of the Imaginary: the literary generation of 1945 in Uruguay
Palavras-chave em inglês
Latin American literature
Social imaginary
Urban fiction
Uruguayan generation of 1945
Uruguayan literature
Resumo em inglês
This work centres on a new reading of Uruguay's literary Generation of 1945. Two aspects are given special attention: the analisis of elements constituting the new imaginary that this generation would impose on society 2) the identification of power- acquiring mechanisms wielded by this generation to gain a dominant position within society at the time.The thesis put forward - as opposed to what literary critics have traditionally asserted-- is that instead of completely moving away from Uruguayan society's prior imaginary, the Generation of 1945 retains elements proceeding from preliminary imaginaries, which have been dragged forward within Uruguayan culture since the beginnings of its constitution. We work mainly upon the urban fictional space opened up by this generation in different texts, as it is considered privileged for the constitution of the new imaginary. Our approach centres both on fiction - especially J.C. Onetti, C. Martínez Moreno and Mario Benedetti - and essays - C. Real de Azúa, E. Rodríguez Monegal and A. Rama
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.