• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-06112007-114658
Documento
Autor
Nome completo
Rosa Yokota
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Gonzalez, Neide Therezinha Maia (Presidente)
Duarte, Maria Eugênia Lamoglia
Negrao, Esmeralda Vailati
Sebold, Maria Mercedes Riveiro Quintans
Varalla, Mirta María Groppi Asplanato de
Título em português
O que eu falo não se escreve. E o que eu escrevo alguém fala? A variabilidade no uso do objeto anafórico na produção oral e escrita de aprendizes brasileiros de espanhol
Palavras-chave em português
Espanhol como língua estrangeira
Objeto direto
Objeto direto anafórico
Produção escrita
Produção oral
Resumo em português
O presente trabalho tem como objetivo contribuir para o estudo das especificidades da aquisição / aprendizagem da língua espanhola por falantes adultos do português brasileiro. Nele, apresentamos um estudo que busca observar, compreender e explicar o uso do objeto direto anafórico na produção oral e escrita de aprendizes brasileiros universitários de espanhol como língua estrangeira. Buscamos embasamento teórico sobre a aquisição de línguas não-nativas, sobre o lugar da língua materna na aquisição de línguas estrangeiras e sobre o objeto direto no português brasileiro e no espanhol. As amostras de produção oral e escrita utilizadas foram coletadas durante aulas de espanhol como língua estrangeira de um curso livre ministrado dentro da Universidade de São Paulo. Elas revelaram que, assim como na língua materna e na língua alvo, há grande variabilidade na produção não-nativa em espanhol no que se refere à omissão, ao preenchimento e às formas de preenchimento do objeto direto anafórico. Mesmo assim, foi possível identificar tendências nessa produção que apontam para a possibilidade de reestruturação da gramática não-nativa, mostram a importância da instrução no caso do espanhol como língua estrangeira e revelam que características próprias da produção oral e escrita em espanhol como língua estrangeira se relacionam não só com a competência lingüística, mas com a experiência de usuário e aprendiz da própria língua materna, bem como com a realidade sócio-econômica e cultural dos aprendizes e suas perspectivas de utilização da língua aprendida, que afetam a sua motivação.
Título em inglês
What I say cannot be written: but does anyone say what I write? the variation in use of the anaphoric direct object for oral and written productions by Brazilians learners of Spanish
Palavras-chave em inglês
Anaphoric direct object
Direct object
Oral production
Spanish as a foreign language
Written production
Resumo em inglês
This paper reports on the studies of learning/acquisition features in Spanish for native adult learners of Brazilian Portuguese. The following literature contextualizes the study's concerns and seeks for watching, understanding and explaining the use of anaphoric direct object within the oral and written productions by college Brazilian learners of Spanish as a foreign language. A theoretical basis is given in for the acquisition of nonnative languages, for the role of the mother tongue in the acquisition of foreign languages and the direct object in Brazilian Portuguese and in Spanish. The oral and written production samples used were collected during Spanish classes as a foreign language within a language course at Universidade de São Paulo. They revealed that, as well as in the mother tongue and target language, there is a wide variation in the non-native production in Spanish concerning omission, filling in and the ways of filling in the anaphoric object direct gaps. Yet, it was possible to identify tendencies within this production that enable the restructuring of non-native grammar, show the importance of education in the case of Spanish as a foreign language and reveal that inner features of oral and written productions for Spanish as a foreign language are linked not only to linguistic competence but also with the mother tongue learner and user's background as well as the learners' cultural and socio-economic situations and their expectations in relation to the language learned, which affect their motivation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE_ROSA_YOKOTA.pdf (18.77 Mbytes)
Data de Publicação
2007-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.