• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2008.tde-29012009-164643
Documento
Autor
Nome completo
Bernhard Johannes Schwarz
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Galle, Helmut Paul Erich (Presidente)
Heise, Eloa di Pierro
Koudela, Ingrid Dormien
Mazzari, Marcus Vinicius
Redondo, Tercio Loureiro
Título em português
No caminho de Georg Büchner: a recepção da obra de Georg Büchner nos dramas Tambores na Noite e Baal, de Bertolt Brecht
Palavras-chave em português
Baal
Bertolt Brecht
Georg Büchner
Lenz
Tambores na Noite
Woyzeck
Resumo em português
Este trabalho analisa a recepção de Georg Büchner (1813-1837) por Bertolt Brecht (1898-1956) enfocando a sua fase criativa inicial. Especificamente analisa-se a abordagem da recepção do drama Woyzeck em Tambores na Noite e da narrativa Lenz, de Büchner, em Baal de Brecht. As duas obras de Büchner, como a maior parte de seus trabalhos, foram publicadas postumamente: Lenz, em 1837, e Woyzeck, em 1878. Esta última estreou em 1913. A obra do autor, quase desconhecida em sua época, encontrou ressonância no Realismo e no Naturalismo, mas o auge da recepção se deu na virada do século XIX para o XX, com a Modernidade e os expressionistas. A presente análise investiga a repercussão de Woyzeck e de Lenz como formas específicas da recepção de Büchner por Brecht. Os dois escritores são importantes por refletirem posições críticas quanto à política e quanto ao ideário de suas épocas, na Alemanha. Brecht usou ambas as obras de Büchner como inspiração para pôr em evidência a posição do indivíduo frente a uma época em decadência, que se caracteriza ademais pela política autoritária na Alemanha, bem como pela falta de liberdade individual. A análise baseia-se na pesquisa hermenêutica de Hans Gadamer e nas premissas acerca da estética da recepção de Hans Robert Jauss. Partindo da estética da recepção, os dramas Tambores na Noite e Baal são examinados quanto à sua intertextualidade com o drama Woyzeck e a narrativa Lenz de Büchner, com auxílio de reflexões elaboradas por Broich e Pfister, num método que permite analisar as relações históricas e textuais entre obras literárias. Neste trabalho, procuramos estabelecer uma relação intertextual direta entre Woyzeck e Tambores na Noite e também entre Lenz e Baal, algo negligenciado na pesquisa literária até o presente momento.
Título em inglês
In the way of Georg Büchner: the reception of the Georg Büchner work's in Drums in the Night and Baal drama of Bertolt Brecht
Palavras-chave em inglês
Baal
Bertolt Brecht
Drums in the Night
Georg Büchner
Woyzeck Lenz
Resumo em inglês
This work analyzes the reception of Georg Büchner (1813-1837) by Bertolt Brecht (1898-1956), focusing Brechts initial creative phase. In particular, the reception of the drama Woyzeck in Drums in the Night and of the novel Lenz, from Büchner, in Baal, from Brecht, is analyzed. Both works of Büchner, as is also the case for the majority of his remaining texts, were published posthumously: Lenz, in 1837, and Woyzeck, in 1878; the drama had its premiere only in November 1913. His works, close to unknown at his time, obtained some resonance in realism and in naturalism but the peak of the reception of his works occurred only in the beginning of the XXth century, with modernism and the expressionists. The present analysis investigates the impact of Woyzeck and Lenz and the specific form of Brechts reception of Büchner. Both these authors are important since they reflect critical positions within the political and ideological scenarios of their times, in Germany. Brecht used both works from Büchner as inspiration to put in evidence the position of the individual in a time of decadence, which, moreover was characterized by an authoritarian and repressive politics in Germany, as well as the lack of individual freedom. This analysis is based in the literary hermeneutics of Hans Gadamer, and the premises of the reader-response criticism of Hans Robert Jauss. The dramas Drums in the Night and Baal are examined taking into account the intertextuality with the drama Woyzeck and narrative Lenz of Büchner, with the help of reflections elaborated by Broich and Pfister, a method which allows to clarify the historic and textual relations of literary works. In this thesis we attempt to establish a direct intertextual relation between the dramas Woyzeck and Drums in the Night and also of Lenz and Baal, which had not been previously identified in literary research up to now.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.