• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-06122012-180451
Documento
Autor
Nome completo
Jose Rodrigo da Silva Botelho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Azenha Junior, João (Presidente)
Dornbusch, Claudia Sibylle
Volobuef, Karin
Título em português
Um encontro com Anna Seghers: tradução, insubordinação, criatividade e a presença do fremd
Palavras-chave em português
Anna Seghers
Domesticação
Estrangeirização
Literatura alemã
Tradução literária
Resumo em português
Este trabalho apresenta uma tradução crítica da narrativa Die Reisebegegnung (O encontro de viagem), da escritora alemã Anna Seghers. Através dessa tradução, discute-se o ato de traduzir, questionando-se o modelo de tradução predominante no mercado editorial, que exige textos fluentes, nos quais se apagam as marcas de estrangeiridade. Esta dissertação propõe uma alternativa ao modelo: destacar o caráter estrangeiro da obra em vez de tentar apagá-lo, proporcionando ao leitor uma experiência com o texto estrangeiro que vá além do conteúdo e chamando sua atenção para questões de linguagem. Isso confere maior espaço e visibilidade para o trabalho criativo do tradutor, explícito aqui por meio do aparato crítico que acompanha a tradução. Essa alternativa se sustenta principalmente nas ideias de Friedrich Schleiermacher, Lawrence Venuti e Antoine Berman, que defendem a tradução chamada de estrangeirizadora, isto é, aquela que abre e garante espaço para o estranho (estrangeiro, fremd) no texto de chegada.
Título em inglês
An encounter with Anna Seghers: translation, insubordination, creativity, and the presence of fremd
Palavras-chave em inglês
Anna Seghers
Domestication
Foreignization
German literature
Literary translation
Resumo em inglês
This work presents a critical translation of the narrative Die Reisebegegnung (The travel encounter), by the German writer Anna Seghers. Through this translation, the act of translating is discussed, questioning the translation model predominant in the publishing market, which requires fluent texts and in which the foreignness marks become extinguished. This dissertation proposes an alternative to the model: highlighting the foreign aspect of the work instead of trying to delete it, providing the reader with an experience of the foreign text that goes beyond the content and drawing his/her attention to language issues. This procedure gives more room and visibility to the creative work of the translator, made explicit here through the critical apparatus following the translation. Such an alternative is supported mainly by the ideas of Friedrich Schleiermacher, Lawrence Venuti and Antoine Berman, who defend the so-called foreignizing translation, i.e., the one that makes and warrants room for the strange (foreign, fremd) in the target text.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.