• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Lya Valeria Grizzo Serignolli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Martins, Paulo (Presidente)
Agnolon, Alexandre
Cairolli, Fábio Paifer
Prado, João Batista Toledo
Ribeiro, Adriano Machado
Título em português
Baco, o simpósio e o poeta
Palavras-chave em português
Baco
Horácio
Imagem
Poesia augustana
Poética
Simpósio
Resumo em português
Recentemente, tem aumentado o interesse acadêmico nas figurações do Baco romano, que, até então, não havia recebido tanta atenção quanto o Dioniso grego. Novos estudos têm mostrado como o repertório dionisíaco proliferou no Período Augustano, produzindo novas metáforas atreladas às transformações sociais, políticas e culturais da época. Horácio, o poeta que mais desenvolveu os temas dionisíacos entre os augustanos, apresenta diversas facetas do deus em diferentes gêneros poéticos, reservando a ele um lugar de destaque em suas Odes. Esta pesquisa preenche uma lacuna nos estudos de poética latina, discutindo questões associadas a Baco e ao simpósio em Horácio, tendo em vista os papéis do deus como herói deificado, divindade simpótica e orgiástica e patrono da poesia, em associação a temas como o amor, a política, a guerra, a patronagem e a composição poética. A tese divide-se em seis capítulos: dois capítulos introdutórios em que são considerados antecedentes e aspectos gerais de Baco e do simpósio, e quatro capítulos com a análise desses temas em Horácio. No terceiro capítulo, o enfoque é sobre o furor dionisíaco como impulso poético. Nos capítulos quatro e cinco, o simpósio - presidido por Líber - é observado como um cenário metafórico em que a persona poética de Horácio relaciona-se com amantes, patronos, poetas e amigos; um lugar onde o vinho combina com política, guerra, amor, amizade e poesia. No capítulo final, são analisadas questões de composição poética associadas ao engenho e ao furor poético dionisíacos.
Título em inglês
Bacchus, the Symposium and the Poet
Palavras-chave em inglês
Augustan poetry
Bacchus
Horace
Image
Poetics
Symposium
Resumo em inglês
Recently, scholarly interest in the representations of the Roman Bacchus has increased, which had not received as much attention as the Greek Dionysus. New studies have shown how the dionysiac repertoire proliferated in the Augustan Age, producing new metaphors linked to cultural, social and political transformations that took place in the period. Horace, who is the most prolific of the Augustan poets in the use of dionysiac imagery, presents different aspects of the god in different genres, reserving a special place to him in his Odes. This research fulfills a gap in the studies of Latin poetics, exploring issues associated with Bacchus and the symposium in Horace, considering the gods roles as deified hero, sympotic and orgiastic divinity and patron of poetry in association with themes such as love, politics, war, patronage and poetic composition. The thesis is divided into six chapters, with two introductory chapters on the antecedents and general aspects of Bacchus and the symposium, and four chapters with an analysis of these themes in Horace. In the third chapter, I investigate the Bacchic enthusiasm as a metaphor for the poetic impulse. In chapters and four and five, I observe the symposium - presided over by Liber - as a metaphorical setting where the poet interacts with lovers, patrons, other poets and friends; a place where wine combines with politics, war, love, friendship and poetry. In the last chapter, I consider issues of poetic composition connected with dionysiac ingenium and poetic furor.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.