• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Yuri Ribeiro Guerra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Paula, Fraulein Vidigal de (Presidente)
Braga, Maria Luiza
Leme, Maria Isabel da Silva
Vicente, Renata Barbosa
Título em português
Interjeições de assombro e de estranheza no português paulistano e macaense: um contexto pragmático e de afetividade
Palavras-chave em português
Assombro
Cognição
Estranheza
Interjeição
Linguística Funcional
Resumo em português
Este trabalho apresenta um estudo sobre interjeições em viés funcionalista através de uma análise comparativa dos usos linguísticos de expressões de assombro e de estranheza do português paulistano em relação ao português macaense. A decisão teórico-metodológica ampara-se na Linguística Centrada no Uso, na linha cognitivo-funcional, estudada por meio das obras de Heine, Claudi e Hünnemeyer (1991), Tomasello (2003), Gonçalves, Lima-Hernandes e Casseb-Galvão (2007), Givón (2009), dentre outros autores. Este campo teórico tem como âmago a preocupação em lidar com dados que preservem os contextos de produção de uso. Distinguir entre expressões de assombro e de estranheza não é uma tarefa fácil nem em dicionários e nem em gramáticas. É até mesmo impossível, atualmente, afirmar com certeza tal distinção pela ausência de investigação mais a fundo da pragmática e dos processamentos mentais envolvidos em conjunto com as produções linguísticas. O objetivo geral do estudo é o de introduzir uma nova pesquisa sobre interjeições ao verificar se existem diferenças nos usos de expressões interjetivas entre as duas variedades investigadas, indagando a questão da marginalidade dessa classe de palavras entre gramáticos e linguistas. Os dados para a investigação partiram de dois materiais. O primeiro corpus é constituído por registros audiovisuais oriundos de filmes paulistanos coletados por Guerra (2011) e de inquéritos realizados por Lima-Hernandes et alii (2012) e Rodrigues (2013). As expressões interjetivas presentes nestes materiais são comparadas com um segundo corpus composto por usos linguísticos manifestados por macaenses, falantes de língua materna cantonesa e portuguesa, registrados em gravações de teatro, conversas informais e entrevistas em programas televisivos e de rádio da península. Interjeições são preponderantemente de ordem pragmática, pois os seus significados derivam quase que exclusivamente da entonação do falante e do contexto em que se inserem. Apesar da pouca atenção recebida por gramáticos e linguistas, são estratégias comunicativas utilizadas fartamente em nosso cotidiano e, portanto, representam uma rica fonte de investigação.
Título em inglês
Interjections of astonishment and strangeness in Paulistano and Macanese Portuguese: a pragmatic and affective context
Palavras-chave em inglês
Astonishment
Cognition
Functional Linguistics
Interjection
Strangeness
Resumo em inglês
This research presents a study on interjections in a functionalist perspective through a comparative analysis on language usages of astonishment and strangenesss expressions in Paulistano and Macanese Portuguese. The theoretical basis and methodological decision are sustained by the Usage-based Linguistics, in a cognitive functional bias, studied in the works of Heine, Claudi and Hünnemeyer (1991), Tomasello (2003), Gonçalves, Lima-Hernandes and Casseb-Galvão (2007), Givón (2009), among other authors. This theoretical field has as its core the concern to deal only with data that preserve the contexts of usage production. Distinguish expressions between astonishment and strangeness is not an easy task in dictionaries or even in grammar books. Currently, it is even impossible to claim for sure that these expressions have a distinction because of the absence of a deeper investigation, focused on pragmatics and mental processes involved jointly with linguistic productions. The general objective of this project is to introduce a new research on interjections, verifying if there are differences in usages of these expressions between the two language varieties investigated and to inquire about the marginalization of this word class by grammarians and linguists. Data utilized for investigation are originated from two materials. The first corpus is composed by audiovisual records derived of Paulistano movies compiled by Guerra (2011) and interviews made by Lima-Hernandes et alii (2012) and Rodrigues (2013). The interjective expressions observed will be compared with a second corpus composed by linguistic usages of Portuguese displayed by Macanese, speakers of Cantonese and Portuguese as mother languages, recorded in theater presentations, informal dialogues and interviews realized by TV and radio programs. Interjections have the pragmatic order as a predominant characteristic because their meanings derive almost exclusively from the intonation of the speaker and the context inserted. Despite of the minimal attention gave by grammarians and linguists, they are communicative strategies heavily utilized in our daily life and, consequently, are a rich source of investigation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.