• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Cláudia Assad Alvares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Calcada, Guiomar Fanganiello (Presidente)
Alves, Ieda Maria
Barbosa, Maria Aparecida
Lima, Fernanda Lemos de
Pauliukonis, Maria Aparecida Lino de
Título em português
O discurso paradoxal de Vieira no 'Sermão pelo bom sucesso das Armas de Portugal contra as de Holanda'
Palavras-chave em português
Análise do discurso
Argumentação
Formas verbo-nominais
Paradoxo
Semântica estrutural
Resumo em português
Nesta tese, discutem-se, dentre outros, os conceitos de "auditório universal", de Perelman (2000); o de "contrato de comunicação", de Charaudeau (1992); os conceitos de duplo vínculo e enquadres, propostos por Bateson (1972), e abre-se também espaço para os principais tipos de paradoxos. Nela apresentase ainda a teoria dos semas e de sua combinatória, segundo Langendoen (1971), e, finalmente, analisa-se o sermão pelo Bom sucesso das armas de Portugal contra as de Holanda. O trabalho tem por objetivo evidenciar que o discurso religioso do Padre Antônio Vieira, no Sermão Pelo bom sucesso das armas de Portugal contra as de Holanda, é um discurso paradoxal porque desconstrói a si próprio. Para atingir tal propósito, confrontam-se os argumentos de que Vieira faz uso para dirigir-se a Deus, no referido sermão, com os textos das Sagradas Escrituras; analisa-se a argumentatividade das formas nominais do verbo, com ênfase particular na estrutura do gerúndio, enquanto ato ilocucional, a partir do Sermão da Sexagésima, e descreve-se um tipo de paradoxo pragmático: a roda argumentativa.
Título em inglês
The paradoxal speech of Vieira at the 'Sermon for the good success of Portugal's Weapons against Holland's'
Palavras-chave em inglês
Argumentation
Paradox
Speech analysis
Structural semantics
Verb-noun forms
Resumo em inglês
In this thesis, among others, the concepts of "universal auditorium", from Perelman (2000); "communication contract", from Charaudeau (1992); the concepts of double bind and frames, proposed by Bateson (1972) are discussed, and room is opened for the main types of paradox. In this one, the theory of semantic traits and its combinatory, according to Langedoen (1971) is also presented and, finally, the sermon For the good success of Portugal's weapons against Holland's is analyzed. The work has as a scope to evidence that the religious speech from Father Antônio Vieira, at the sermon For the good success of Portugal's weapons against Holland's, is a paradoxal speech for it unbuilds itself. To reach such purpose, the arguments Vieira uses to address God are confronted, at the referred sermon, with the Holy Scriptures' texts; the argumentativity of the nominal forms of the verbs is analyzed, with particular emphasis on the structure of the gerund, as an illocutionary act, starting from Sermon of the Sixtieth, and a kind of pragmatic paradox is created: the argumentative round.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-03-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.