• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-24032015-120314
Documento
Autor
Nome completo
Anielle Aparecida Gomes Gonçalves Jacometti de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Viaro, Mario Eduardo (Presidente)
Alves, Ieda Maria
Becker, Martin
Pereira, Maria Isabel Pires
Rio-torto, Graça Maria de Oliveira e Silva
Título em português
Os sufixos agentivos -nte e-(d/t/s)or no português: um estudo semântico-diacrônico
Palavras-chave em português
Aspecto nos nomes
Língua portuguesa
Morfologia histórica
Paráfrase
Semântica
Sufixos agentivos
Teoria dos protótipos
Resumo em português
No processo derivacional, os sufixos nte e (d/t/s)or são conhecidos por formarem vocábulos designados na língua como agentivos. O conceito de agente, por sua vez, é fundamental para os estudos da linguagem, pois descreve uma categoria primária a qualquer ser vivo, servindo, por isso, de base para a criação de outras categorias. Propôs-se observar, descrever e organizar os significados dos sufixos nte e (d/t/s)or presentes na língua portuguesa, utilizando o mecanismo da paráfrase. Por tratar-se de afixos abrangentes, fizeram-se necessários dois tipos de abordagem: uma qualitativa e uma quantitativa. Num primeiro momento, fez-se uma pesquisa etimológica específica nos agentivos nomeadores de profissionais, isto é, em designadores de seres humanos portadores de uma função, em que se examinou o emprego primitivo dos sufixos que compõem essa análise. Depois, abarcaram-se palavras pertencentes a campos diversos, limitados pela presença desses sufixos. Os sufixos formadores de nomina agentis nte e (d/t/s)or remetem aos falantes a ideia de alguém ou algo que faz alguma coisa, isto é, forma duas séries nas quais se corporizam as derivações deverbais de designações de pessoas que são agentes da ação implicada no significado do verbo. A hipótese do trabalho é a de que os nomes em nte e (d/t/s)or possuem a propriedade do aspecto, entendido como duração da ação, devido à constituição histórica tanto das bases que os integram como dos próprios afixos, o que confere a cada um deles um papel semântico específico na língua. Constatou-se que as paráfrases dos nomes em nte e (d/t/s)or seguem um padrão acional único, sem variação nos diversos grupos lexicais a que pertencem, com uma especificidade no significado do sufixo nte. Esses e os outros elementos morfológicos se constituem como fundamento material para mediar a relação do falante com sua expressão social
Título em inglês
The agentive suffixes nte and (d/t/s)or in the Portuguese language: a semantic diachronic study
Palavras-chave em inglês
Agentive suffixes
Aspect in names
Historical morphology
Paraphrase
Portuguese language
Prototype theory
Semantics
Resumo em inglês
In the derivational process, the suffixes nte and (d/t/s)or are known for forming words which are designated in the language as agentives. The term agent is fundamental to the studies of languages because it describes a primary category to any living being, and therefore it serves as a base to the creation of other categories. The proposal of this work is to observe, to describe and to organize the meanings of the suffixes nte and (d/t/s)or in Portuguese, utilizing the mechanism of paraphrase. Since they are comprehensive affixes, two approaches a qualitative and a quantitative one were necessary. Firstly, it was conducted a specific etymological research about the professional agentives, i.e. namely in human beings that have a function, in which the original function of the suffixes was examined. Subsequently, words of different fields were analyzed with these affixes. The nomina agentis forming suffixes nte and (d/t/s)or give to the speakers the idea of someone or something that does some action, forming two series in which they embody the deverbal derivations of nouns of people who are agents of the action implied in the verb meaning. The hypothesis of the work is that names in nte and (d/t/s)or own the property of the aspect, videlicet the implication of the duration of the action, due to historic constitution of both the bases and the affixes, which provides to each suffix one specific semantic role in the language. It was noticed that the paraphrases of the names in nte and (d/t/s)or follow one single standard of action, with no variation in the several and different lexical groups to which they belong, with a specificity in the meaning of the suffix nte. These and the other morphological components constitute the material base to mediate the relationship between the speaker and his/her social expression
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.