• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2009.tde-17112009-161534
Documento
Autor
Nome completo
Jaqueline Massagardi Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Marilza de (Presidente)
Castilho, Celia Maria Moraes de
Galves, Charlotte Marie Chambelland
Pagotto, Emilio Gozze
Sousa, Maria Clara Paixao de
Título em português
Locativos e sintagmas preposicionados no português quatrocentista: um estudo do movimento
Palavras-chave em português
Estrutura sentencial e topicalização
Movimento de constituintes
Pronomes locativos
Sintagmas preposicionados
Resumo em português
Nesta tese estudamos o movimento de sintagmas preposicionados (PPs), pronomes locativos (Locs) e pronomes locativos preposicionados (LocPs) em estruturas encaixadas do português quatrocentista, admitindo que esse período acomode variações que apontam para uma competição de gramáticas na linha de Kroch (1989, 1994, 2003). Assumimos com Martins (1994), Muidine (2000) e Moraes de Castilho (2005), que os pronomes locativos hi e ende tenham coexistido com os PPs, mas foram suplantados por estes últimos a partir do séc.XV. Tomando-se como corpus representativo do português quatrocentista a Crônica do Conde Dom Pedro de Menezes de Zurara, de fato atestamos PPs convivendo com pronomes locativos nos mesmos contextos sintáticos e inclusive os redobrando. As estruturas de redobro de um locativo por um PP mostraram-se relevantes por indicar a especialização das posições desses elementos. Fazemos uso de duas linhas teóricas, conforme proposta de Kato e Tarallo (1989): um modelo mais formal como a Teoria de Princípios e Parâmetros (Chomsky, 1986) e um de cunho variacionista como a Sociolinguística Laboviana, Para uma análise descritiva dos dados, seguimos a metodologia da Sociolingüística Quantitativa, pontuando fatores lingüísticos condicionadores da posição desses constituintes. De modo geral, os cálculos estatísticos registraram altos índices de movimento dos locativos, por um lado, mas baixos índices de movimento dos PPs, por outro. Já os LocPs equilibraram movimento e posição canônica. Outros fatores como função sintática e tipo de oração incidiram no movimento de PPs e Locs, sobretudo. A análise interpretativa dos resultados se deu sob uma perspectiva gerativista, à luz da Teoria de Princípios e Parâmetros (Chomsky, 1981,1986). Tomando-se o clítico e o sujeito como marcadores de fronteira, conforme propostas de Martins (1994) e Belletti (2002), foi possível vislumbrar quatro posições de ancoragem para os Locs e PPs, que se distribuíram ao longo da estrutura sentencial. Ficou, por fim, evidente, que o movimento de Locs, PPs e LocPs é um caso de competição de gramáticas no português quatrocentista, que acompanha algumas mudanças que desembocam na constituição do português brasileiro.
Título em inglês
Locatives and PPs in 15th century portuguese language: a movement research
Palavras-chave em inglês
Locative pronouns
Movement of constituents
Prepositioned phrases
Sentential structure and topicalization
Resumo em inglês
This research analyses the movement of prepositioned phrases (PPs), locative pronouns (Locs) and prepositioned locative pronouns (LocPs) in embedding structures of the 15th century Portuguese language, admitting that this period has variations which point to a grammar competition in Krochs (1989, 1994, 2003) framework. According to Martins (1994), Muidine (2000) and Moraes de Castilho (2005), latin locative pronouns hi and ende, and PPs had coexisted in Portuguese until the 15th century, when PPs supplanted the usage of locative pronouns. Indeed, taking the Dom Pedro de Menezes Cronic of Zurara (Brocardo, 1997) as the 15th century Portuguese representative corpus, we have found PPs coexisting with locatives in the same syntactic contexts, redoubling them as well. The redoubling structures have turned out to be relevant for indicating the specialization of the positions of these elements. Taking Kato and Tarallo (1989) into consideration, two frameworks are used: one formal model like the theory of Principles and Parameters, and abnother variational like Labov Sociolinguistics. The Quantitative Sociolinguistic methodology is considered for a descriptive analysis of the data, indicating linguistic facts that could affect the position of PPs and locative pronouns. Statistics have registered high percentages regarding the movement of locative pronouns on one hand, but low percentages of PPs movement on the other. LocPs registered similar numbers for movement and for no movement. Other factors such as syntactic function and kind of sentence influenced the movement of PPs and Locs.. The interpretative analysis of the results has happened in the framework of Generative Syntax, considering the Principles and Parameters Theory (Chomsky 1981, 1986). Taking clitics and subject as frontier demarcators, as stated by Martins (1994) and Belletti (2002), it has been possible to verify four positions to host Locs and PPs, all distributed along the sentential structure. In conclusion, it has been evident that PP and locative movement is a grammar competition case in the 15th century Portuguese language and it will accompany some changes which will arise in the Brazilian Portuguese language.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-11-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.