• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2015.tde-12062015-111600
Documento
Autor
Nome completo
Luis Henrique Serra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Araujo, Mariangela de (Presidente)
Almeida, Gladis Maria de Barcellos
Almeida, Manoel Mourivaldo Santiago
Título em português
O universo terminológico da cana-de-açúcar em duas perspectivas: o agrônomo e o agricultor
Palavras-chave em português
Agricultor
Agrônomo
Cana-de-Açúcar
Terminologia
Variação
Resumo em português
Este estudo investiga a variação denominativa na terminologia da cana-de-açúcar em português brasileiro. Busca-se investigar e comparar a terminologia da cana-de-açúcar no discurso de dois diferentes especialistas do setor: o agricultor e o agrônomo. Tendo em vista a diferença socioprofissional e a materialização dessa terminologia (oral e escrita), o estudo assume um caráter variacionista e, portanto, parte do pressuposto que a variação linguística é um fenômeno inerente nesse universo especializado, principalmente quando se compara os termos específicos de cada um dos grupos de especialistas. Nesse panorama, o estudo alinha-se aos estudos descritivos das terminologias, levando em consideração os pressupostos teórico-metodológicos da Teoria Comunicativa da Terminologia. Utiliza-se, neste estudo, de dois corpora: um oral e o outro escrito: o corpus oral é um conjunto de entrevistas com micro- e pequenos agricultores especialistas em cana-de-açúcar; o texto escrito é composto por um conjunto de cem textos especializados, ou seja, teses, dissertações, artigos científicos e relatórios técnicos, publicados no Brasil nos doze primeiros anos do século XXI. Para a extração e a organização dos dados, o estudo utiliza-se da Linguística de Corpus, que auxiliou por meio dos programas computacionais Antconc; para a criação do banco de dados, Access, do pacote Office 2010, para a criação de banco de dados terminológicos e o armazenamento das fichas terminológicas. Os resultados do estudo demonstram que há variação entre os termos usados pelos dois grupos de especialistas, mas há também semelhanças. Isso evidencia que ambas não são terminologias dicotômicas, e sim conhecimentos que estão em contato, constituindo um contínuo terminológico.
Título em inglês
The sugarcane terminological universe in two perspectives: the agronomist and the farmer
Palavras-chave em inglês
Agronomist
Farmer
Sugarcane
Terminology
Variation
Resumo em inglês
This study investigates the denominative variation in sugarcane terminology in Brazilian Portuguese. It quests explore and compare the sugarcane terminology in discourse of two different specialists in sugarcane sector: the farmer and the agronomist. Given the social and professional differences and the materialization of this terminology (oral and written), this study assumes a variationist character and, therefore, starts from assumption the linguistic variation is an inherent phenomena in this specialized universe, meanly when compares the specifics terms of each one of this groups. In this scenario, the study aligns with the descritivists studies of terminologies, considering the theoretical and methodological presuppositions of Terminology Communicative Theory. Are used, in this study, two corpora, one oral and other written: the oral corpus is a set of interviews with micro- and small farmers specialists in sugarcane; the written texts are a set of hundred specialized texts, in others words, thesis, dissertations, articles and technical reports, published in Brazil, in the twelve first years of XXI century. To the extraction and the organization of dates, this study used the Linguistic of Corpus that helped by the computational programs Antconc; to the creation of date bank, Access, from Office 2010, helped to creation of terminological date bank and to creation of the terminological records. The results of this study show that there is a variation between the terms used by the two specialists groups, but there is too similarities. This evidences that both group are not dichotomies, but knowledge that are in contact, constituting a terminological continuum.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.