• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-30092014-184734
Documento
Autor
Nome completo
Roberta Henriques Ragi Cordeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Altman, Maria Cristina Fernandes Salles (Presidente)
Borges Neto, José
D'Angelis, Wilmar da Rocha
Petter, Margarida Maria Taddoni
Sansone, Olga Ferreira Coelho
Título em português
Quatro séculos de Gramaticografia Quéchua: emergência e desenvolvimento da categoria de Caso Nominal em perspectiva historiográfica
Palavras-chave em português
Epistemologia linguística
História da gramática
Historiografia linguística
Linguística missionária
Quéchua
Resumo em português
O objetivo geral deste Trabalho, contextualizado no campo da historiografia linguística, é proceder a um estudo sistemático sobre a emergência e o desenvolvimento da produção gramatical quéchua, em âmbito hispano-americano, entre os séculos XVI e XIX. Para tanto, buscamos examinar os domínios contextuais/institucionais, documentais e metodológicos que organizam as práticas linguísticas, nesse contexto, em perspectiva historiográfica. Tencionamos, ainda, de maneira específica, mapear a sistematização da metalinguagem gramatical relativa à categoria de caso nominal nos nomes substantivos, na língua andina, observando as continuidades e descontinuidades das perspectivas linguísticas que enquadram tal categoria no plano metodológico. Os autores considerados nesta Investigação são os seguintes: Santo Tomás (1560), Anônimo (1586), González Holguín (1607), Huerta (1616), Torres Rubio (1619), Roxo Mexia y Ocón (1648), Aguilar (1690), Melgar (1691), Nieto Polo (1753), Mossi (1857), Montaño (1864), Nodal (1872), Anchorena (1874), Mossi (1889), Paris (1892) e Grimm (1896).
Título em inglês
Four centuries of Quechua grammar production: emergence and development of the category of nominal case in historiographical perspective
Palavras-chave em inglês
History of grammar
Linguistic epistemology
Linguistic historiography
Missionary linguistics
Quéchua
Resumo em inglês
The general objective of this report, contextualized in the field of linguistic historiography, is to carry out a systematic study about the emergence and development of Quechua grammar production, in Spanish-American context, between the sixteenth and nineteenth centuries. To this end, we seek to examine the contextual / institutional, documentary and methodological areas that organize linguistic practices in historiographical perspective. We also intended, on a specific way, to map the systematization of grammatical metalanguage related to the category of nominal case at the nouns names, in the Andean language, observing the continuities and discontinuities of linguistic perspectives that fits in this category on the methodological plane. The authors considered in this research are the following: Santo Tomás (1560), Anônimo (1586), González Holguín (1607), Huerta (1616), Torres Rubio (1619), Roxo Mexia y Ocón (1648), Aguilar (1690), Melgar (1691), Nieto Polo (1753), Mossi (1857), Montaño (1864), Nodal (1872), Anchorena (1874), Mossi (1889), Paris (1892) and Grimm (1896).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.