• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-29062015-133628
Documento
Autor
Nome completo
Lara Frutos González
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Muller, Ana Lucia de Paula (Presidente)
Ferreira, Marcelo Barra
Wachowicz, Teresa Cristina
Título em português
Escalas no Guarani Paraguaio: uma análise do modificador de grau -pa
Palavras-chave em português
Adjetivos graduáveis
Eventos graduáveis
Incrementalidade
Modificadores de grau
Semântica das escalas
Resumo em português
Este trabalho apresenta uma análise semântica dos verbos e adjetivos do Guarani Paraguaio baseada nos pressupostos da Semântica Formal. Mais especificamente, este trabalho se propõe a analisar a interação de verbos e adjetivos com um morfema de grau da língua, a partícula . São analisados neste trabalho adjetivos, verbos e construções causativas com verbos deadjetivais a partir de suas possíveis leituras com o morfema . Demonstra-se aqui que o morfema funciona como um modificador da relação de predicação entre o adjetivo ou o evento e um argumento nominal. Essa relação está dada em termos de uma estrutura de graus, de acordo com a semântica escalar proposta por Kennedy (1999b) e Kennedy & McNally (2005). Essas teorias partem do pressuposto de que adjetivos mapeiam entidades em graus de estruturas abstratas de uma propriedade, as escalas, e por isso adjetivo contém uma variável de grau d em sua entrada lexical. Essa variável é quantificada através de um morfema de grau. Proponho aqui que além do modificador que satura a variável de grau dada no seu léxico, o adjetivo também pode receber um modificador de grau quando houver uma escala de quantidade, dada composicionalmente de acordo com o modelo de Bochnak (2010). Nesse sentido, não atuaria sobre a variável de grau dada pelo léxico do adjetivo, mas sobre uma escala de quantidade construída na sintaxe. Em relação a verbos, modificaria a relação de mapeamento do evento sobre entidades, medido por uma estrutura de graus. Uma das vantagens desta proposta é que isso permitiria que adjetivos fossem modificados simultaneamente por e outros modificadores de grau que atuam sobre a escala de intensidade de adjetivos, o que de fato ocorre na língua. Para sustentar minha hipótese de análise, apresento alguns dados do Guarani Paraguaio em que o morfema co-ocorre com outros intensificadores de grau. Em relação aos verbos deadjetivais, mostrarei que estes não possuem uma leitura atélica como os verbos deadjetivais do Inglês e do Português Brasileiro. Isso serve de evidência para concluir que não modifica a escala de propriedade dada pelo adjetivo formador do verbo, mas que atua no mapeamento do evento na estrutura de graus dada por seu argumento nominal. Em suma, este trabalho mostra que opera sempre sobre escalas de quantidade e nunca sobre a variável de grau do léxico de verbos e adjetivos.
Título em inglês
Scales in Paraguayan Guarani: an analysis of degree modifier - pa
Palavras-chave em inglês
Degree modifiers
Gradable adjectives
Gradable events
Incrementality
Semantics of scales
Resumo em inglês
This dissertation presents a semantic analysis of verbs and adjectives Paraguayan Guarani based on the assumptions of Formal Semantics. More precisely, this study aims to analyze the interaction of verbs and adjectives with the particle , a degree morpheme of the language studied here. In this dissertation, I analyze adjectives, verbs and causative constructions with deadjectival verbs and the possible readings of the modification of towards these predicates. It is shown here that the morpheme acts as a modifier of the relationship between the adjective or the event and a nominal argument. This relation is described in terms of a degree structure, according to the semantic of scales proposed by Kennedy (1999b) and Kennedy & McNally (2005). This theory is based on the assumption that adjectives map entities onto degrees of abstract structures of properties - the scales and, for this, adjectives have a degree argument in their lexical entry. The degree variable is saturated by a degree morpheme. I propose here that besides the modifier that saturates the degree variable of the lexicon, the adjective can also be modified by another degree modifier that operates on a quantity scale, which is compositionally given, according to Bochnak (2010). In this sense, does not saturate the degree variable given by the lexicon of the adjective or the verb, but it applies to a quantity scale that is built in syntax. Regarding verbs, modifies the mapping of the event onto entities, which is measured by a degree structure. One of the advantages of this account is that it allows that and other degree intensifiers modify adjectives simultaneously. And it actually happens in Guaraní. In order to support my analysis, I present some data of Paraguayan Guaraní that illustrate how combines to other degree modifiers. I also show that deadjectival verbs cannot have an atelic reading similar to Brazilian Portuguese and English deadjectival verbs. This is used as an evidence to point out that does not modify the property scale of the verb introduced by the adjective, but it only acts on the mapping of the event onto the degree structure of its nominal argument. In conclusion, this work shows that always operates on quantity scales and never on the degree variable of the lexicon of verbs and adjectives.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.