• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-27012014-102546
Documento
Autor
Nome completo
Daniervelin Renata Marques Pereira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Campos, Norma Discini de (Presidente)
Cortina, Arnaldo
Lopes, Ivã Carlos
Oliveira, Ana Claudia Mei Alves de
Taille, Elizabeth Harkot de La
Título em português
Semiótica e ensino: ajustamentos sensíveis em gêneros digitais da esfera educacional
Palavras-chave em português
Estilo
Gêneros digitais
Práticas educativas
Semiótica discursiva
Resumo em português
Esta tese tem por foco interações discursivas entre professores e alunos, e desses com os objetos especificamente, nos e por meios dos gêneros digitais chat e fórum em situações de ensino e de aprendizagem online. Para isso, foram selecionadas e analisadas duas sequências de chats e de fóruns, sendo três chats e três fóruns do curso Games em Educação no Second Life e três chats e três fóruns do curso Pesquisa Acadêmica na Web, cursos livres ministrados inteiramente a distância, no primeiro semestre de 2010, pelas plataformas Second Life e TelEduc, principalmente. Para a análise desses doze enunciados, recorremos à Semiótica Francesa ou Discursiva, tanto em bases greimasianas como conforme seus desdobramentos mais recentes, que se abrem a novas problemáticas que permeiam o conjunto da teoria: a Sociossemiótica e a Semiótica Tensiva, principalmente. Aliados a essa abordagem, empregamos os postulados de Bakhtin (2010) sobre os gêneros textuais e discursivos e o estudo do estilo do gênero, iniciado por Discini (2004). Nosso objetivo é compreender os mecanismos de produção de sentido nessas práticas, na medida em que elas se vinculam a ajustamentos sensíveis e contagiam a estrutura dos gêneros como totalidade. Das análises feitas, depreendem-se recorrências que apontam para o estilo do gênero chat e para o estilo do gênero fórum, que permitem, em consequência, a identificação de características mais gerais que remetem ao estilo do gênero digital da esfera educativa. Deste estudo emergem então questões ainda pouco exploradas, como: o estilo dos gêneros digitais e categorias para sua depreensão; modos de ensino e de aprendizagem acolhidos pela prática educativa digital; formas de vida pedagógico-digital e procedimentos de ajustamento desenvolvidos pelos sujeitos, entre outras, condizentes com nossos objetivos. Algumas conclusões deste estudo apontam para condições mais livres de participação nas interações online relativas aos gêneros digitais, especialmente em função da flexibilidade espacial, da permutabilidade de papéis conversacionais e, em alguns casos, das posições discursivas que remetem a papéis sociais definidos (professor/aluno). Com o enfraquecimento da presença reguladora da instituição escolar nessas interações, o professor ganha espaço para, a cada encontro, (re)configurar sua prática, de acordo com modos próprios de compor e de tematizar, que orientam estilos mais ajustados aos modos de aprendizagem dos alunos. A situação dos gêneros digitais em um lugar instável de limiar entre a fala e a escrita, entre a formalidade do pedagógico e a informalidade do lúdico, por exemplo já deixa entrever o perfil do sujeito que busca ressignificar sua prática pedagógica pela mistura, que é favorecida pelo modo de ser no ambiente digital, constituindo, assim, espaço que, embora ainda ancorado na cultura escolar, espraia-se nas possibilidades de novos modos de habitar o mundo, tal como oferecidos pelas tecnologias contemporâneas.
Título em inglês
Semiotics and teaching: sensitive adjustments of digital genres in educational sphere
Palavras-chave em inglês
Digital genres
Discursive semiotics
Educational practices
Style
Resumo em inglês
This thesis is focused on discursive interactions between teachers and students, and of them with some objects specifically chat and forum digital genres in a situation of on-line teaching and learning. For this, we selected two sequences of chats and forums: three chats and three forums of the course "Games em Education no Second Life" and three chats and three forums of the course "Pesquisa Acadêmica na Web", free courses taught entirely on-line, in the first half of 2010, mainly on the Second Life and TelEduc platforms. For the analysis of twelve statements, we used the French or Discursive Semiotics in greimasians bases and in newer developments that open new issues that pervade the whole theory, mostly Sociossemiotics and Tensive Semiotics. Allied to this approach, we employed Bakhtin's postulates (2010) about textual and discursive genres and the study of genre's style, initiated by Discini (2004). Our goal is to understand the mechanisms of meaning production in these practices, as they are linked to sensitive adjustments and "contaminate" the structure of genres as a whole. From the analysis, we inferred recurrences that point to the style of the genre chat and the style of the genre forum, which still allow, therefore, the identification of more general characteristics that refer to the style of digital genre of the educational sphere. From this study emerged issues which are still unexplored, such as the style of digital genres and categories to their apprehension; modes of teaching and learning that specify digital educational practice; pedagogical-digital life forms; adjustment procedures developed by subjects, among others consistent with our goals. Some findings of this study point to freer conditions of participation in on-line interactions regarding digital genres, especially the spatial flexibility, the interchangeability of conversational roles and, in some cases, the discursive position that refer to social defined roles (teacher/student). With the weakening of the regulatory presence of the school in these interactions, the teacher gains space for every meeting, set up their practice in accordance with their own ways of composing and theme choices and guiding styles that are more suited to students' learning modes. The position of digital genres in an unstable place on the threshold between speech and writing, between formality of teaching and informality of fun approach, for example already hints at the profile of the subject that seeks to reframe their pedagogical practice by mixing, which is favored by way of being in the digital environment, thus constituting a space that, while still anchored in the school culture, spreads on the possibilities of new ways of inhabiting the world, as offered by contemporary technologies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.