• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2013.tde-18102013-150803
Documento
Autor
Nome completo
Conrado Moreira Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Beividas, Waldir (Presidente)
Gomes, Regina Souza
Lopes, Marcos Fernando
Portela, Jean Cristtus
Tatit, Luiz Augusto de Moraes
Título em português
Semiótica e mídia: uma abordagem tensiva do fait divers
Palavras-chave em português
Discurso jornalístico
Duração Acontecimento
Fait divers
Semiótica midiática
Semiótica tensiva
Resumo em português
Com base nas proposições da semiótica de vertente tensiva, esta tese se ocupa da análise e da teorização do fait divers, categoria jornalística que se refere a eventos de caráter fortuito. O corpus da pesquisa constitui-se primordialmente da cobertura do Caso Isabella Nardoni, compreendido sob a rubrica dessa expressão, realizada pelo Jornal Nacional nos meses de março, abril e maio de 2008. Também compõem o corpus da investigação outros relatos jornalísticos dessa natureza, tanto os que se pautam por uma curta duração quanto aqueles que repercutem na mídia por um período considerável. Em relação ao caso aludido, impôs-se a questão teórica que se refere à pouca duração que um relato noticioso de tal categoria costuma ter. Ao contrário, ele arrastou-se por meses a fio no primeiro semestre de 2008, mantendo, não obstante, uma elevada carga tímica. Dessa forma, procurouse buscar nos mecanismos do discurso as estratégias usadas pelo enunciador Jornal Nacional para extensivizar a intensidade do Caso Isabella Nardoni, o qual se baseia numa estrutura acontecimental e que, por definição, deveria ser muito intenso, mas pouco extenso. Para tanto, a pesquisa se valeu dos seguintes eixos analíticos: concessão e fidúcia, duração e intensidade, a paixão coletiva da comoção e, por fim, relações intertextuais e interdiscursivas que o texto em análise permite estabelecer com outros textos/discursos. Os referidos eixos cumpriram cada qual a tarefa de responder parcialmente o porquê de, a despeito do transcurso da temporalidade, a intensidade em torno do caso enfocado ter sido duradoura. A partir deles, pôde-se depreender um enunciatário em cujo campo de presença a tonicidade se projeta sobre a temporalidade, criando um efeito de persistência. Tal enunciatário é ainda marcado por uma espera tensa, que quer atenuar o impacto do acontecimento, ao mesmo tempo em que ele reverbera ou irrompem novos microacontecimentos. Verificou-se também a presença de um enunciatário comovido, cujo estado emocional funciona à maneira de uma amálgama, fazendo dele parte de um todo coletivo, social. Esse mesmo enunciatário mostra-se modalizado por um querer-saber, cuja expectativa é também sobre determinada por outros textos e discursos com os quais o caso em questão estabelece relações intertextuais e interdiscursivas. É, em suma, um enunciatário que se configura na tensão e na complexidade dos eixos da intensidade e da extensidade, o que explica a duração extensa do Caso Isabella Nardoni. Quanto à leitura semiótica dos demais faits divers, puderam ser observadas as seguintes (in)variantes: todos se ancoram numa base concessiva, todos são perpassados por uma lógica passional, patêmica. Entretanto, nem todos se pautam por um longo período de repercussão. Pelas recorrências observadas no corpus, balizadas pelas esquizias tensivas primordiais intensidade e extensidade, foram depreendidas as categorias duração (do menos durativo ao mais durativo) e memória (do menos memorável ao mais memorável), além do elemento constitutivo paixões. A partir disso, pôde-se fundamentar uma abordagem tensiva do fait divers. Finalmente, a análise de um relato noticioso durativo, raro, que, por meio da estratégia discursiva que extensiviza o intenso, demonstrou de que maneira pode ser possível uma articulação dos regimes discursivos do acontecimento e do exercício a partir de um ponto de vista tensivo e, portanto, complexo
Título em inglês
Semiotics and media: a tensive approach to fait divers
Palavras-chave em inglês
Duration
Event
Fait divers
Journalistic discourse
Media semiotics
Tensive semiotics
Resumo em inglês
Based on the propositions of tensive semiotics, this thesis is concerned with analysing and theorizing the fait divers, a journalistic category that refers to fortuitous events. The corpus of the research primarily consists of the cover of the so-called Isabella Nardoni Case conducted by Brazilian television news program Jornal Nacional in March, April and May 2008. Other journalistic reports of the same nature also comprise the corpus of research, both those outlined in a short duration and those that impact on the media for a considerable period. Regarding the mentioned case, a theoretical question prevailed that refers to little if any lasting that a news report in this category usually has. Instead, it dragged on for months in the first half of 2008, whilst retaining a large thymic load. Thus, we tried to search in discourse mechanisms the strategies used by the enunciator Jornal Nacional to extensiveing the intensity of Isabella Nardoni Case, which is anchored in an event structure and, by definition, should be very intense but little extensive. Therefore, the research employed the following analytical axes: concession and confidence, duration and intensity, the collective passion of the commotion and, finally, intertextual and interdiscursive relations with other texts/discourses that the text under analysis allows to establish. These analytical axes fulfilled the task of partially answer why, despite the passing of temporality, the intensity surrounding the focused case was lasting. From them, we could deduce an enunciatee in whose presence field tonicity is projected on temporality, creating an effect of persistence. This enunciatee is also marked by a tense wait, who wants to soften the impact of the event, while it reverberates or triggers new micro-events. The presence of an affected enunciatee was also observed, whose emotional state works in the manner of an amalgam, making him a part of a collective, social whole. The same enunciatee proved modalized by a want-to-know whose expectation was also overdetermined by other texts and discourses with which the case in question established intertextual and interdiscursive relations. He is, in short, an enunciatee that is configured in the tension and complexity of the axes of intensity and extent which explains the considerable duration of Isabella Nardoni Case. As for the semiotic reading of other faits divers, we could observe the following (in) variants: all of them are stand on a concessive basis, all pervaded by a passionate logic. However, not all are marked by a considerable duration. Through the recurrences observed in the corpus, marked out by a sine qua non relationship between intensity and extent, we inferred the categories duration (from least to most durative) and memory (from least to most memorable), and also the constitutive element passions. From this we could substantiate a tensive approach to fait divers. Finally, the analysis of a durative, rare, news report which through the discursive strategy extensivize the intensity demonstrated how an articulation of discursive regimes of the event and exercise from a tensive and therefore complex point of view may be possible.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.