• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-17102007-152540
Documento
Autor
Nome completo
Leandro de Oliveira Neris
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Campos, Norma Discini de (Presidente)
Cortina, Arnaldo
Fiorin, Jose Luiz
Título em português
Leituras escolares de um texto literário; a relação éthos/páthos no discurso
Palavras-chave em português
Éthos
Leitura
Páthos
Semiótica
Texto Interpretativo
Resumo em português
Dentre os postulados metodológicos da teoria semiótica, os pontos de discussão que se apresentam como fundamentais nesta pesquisa são aqueles ligados às questões de leitura e interpretação de textos. A fim de estudar tais concepções baseadas no construto teóricometodológico da semiótica, temos como ponto de partida um corpus constituído de duas totalidades textuais. A primeira, composta de quatro contos literários do escritor norte-americano O. Henry e a segunda, formada por vinte e cinco textos interpretativos de alunos de uma classe da 3ª. série do ensino médio. Tais produções escolares foram elaboradas a partir do conto O presente dos magos, considerado uma unidade que participa da totalidade literária em questão. Ao colocar em cotejo essas duas totalidades, averiguamos, no movimento de leitura e interpretação, como a interioridade - as estruturas dos textos interpretativos - foi concebida em função de uma outra interioridade - as estruturas do conto literário, já que a produção interpretativa é sustentada no texto que lhe deu origem. Do discurso literário, portanto, depreendemos dos contos de O. Henry as recorrências de um modo de dizer, a partir do que é dito. Essa análise nos permitiu verificar a imagem de um enunciatário cooperativo, com a competência para saber ler implícitos, um enunciatário (páthos) cético que incorpora o éthos cético do enunciador dos contos. Da totalidade escolar, por sua vez, reconstruímos, por meio de um exame da recorrência do fazer interpretativo dos alunos, uma imagem (éthos) de leitor e intérprete escolar erigida dos próprios textos dos sujeitos leitores. Revela-se, pelo movimento analítico empreendido nas duas totalidades textuais, em última instância, um éthos escolar responsivo, que dialoga com a imagem do leitor (páthos) inscrito no texto literário. Nessa esteira, encaminhamo-nos em busca das relações que o éthos do leitor escolar entretêm com o páthos inscrito no texto-base para leitura.
Título em inglês
School readings of a literary text: the ethos/pathos relation in the discourse
Palavras-chave em inglês
Ethos
Interpretative text
Pathos
Reading
Semiotics
Resumo em inglês
Among the methodological concepts from semiotics, the discussion points considered as fundamental in this research are those related to the reading and interpretation process. To study these concepts based on the theoretical and methodological paradigm of semiotics, we have as a starting-point a corpus formed by two textual totalities: one, composed by four literary short stories by O. Henry and the other, formed by twenty-five interpretative texts written by students of the 3rd high school grade of a public school. The students' texts were created from The Gift of the Magi short story, considered as a unit that participates of the literary totality. Relating and comparing these two totalities, we could verify as the interiority of the school texts were founded because of the structures of the literary short story, since the interpretative production is supported by the text that gave origin to it. From the literary discourse, we could deduce from O. Henry's short stories the recurrences of a way of saying from what is said. This analysis permitted us to verify the image of a cooperative enunciatee with the competence to know how to read implicits, a skeptical enunciatee (pathos) that incorporates the enunciator's skeptical ethos instituted in the short stories. From the school totality, we reconstructed a school reader's image (ethos) erected from the students' texts by the exam of the interpretative doing recurrences. It was revealed, at last, by the analytical movement executed in the two totalities, a responsive school ethos that dialogues with the reader's image (pathos) established by the literary text. Thus, we are conducted to observe the relations that the school reader's ethos maintain with the pathos instituted in the short story by O. Henry.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.