• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-14012013-143533
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Gaydeczka
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Campos, Norma Discini de (Presidente)
Blikstein, Izidoro
Cortina, Arnaldo
Sobral, Adail Ubirajara
Taille, Elizabeth Harkot de La
Título em português
Questões de estilo e de gênero: um estudo sobre enunciados memorialistas da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro
Palavras-chave em português
Autoria
Enunciados memorialistas
Estilo
Olimpíada de língua portuguesa escrevendo o futuro
Projeto enunciativo
Resumo em português
As tendências de ensino de língua portuguesa concernentes à Educação Básica no Brasil privilegiam abordagens linguísticas e discursivas centradas na produção, circulação e recepção de textos. Decorrente dessa tendência, a tese investiga noções de estilo de gênero e de autoria a partir da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro (OLPEF, 2008). A OLPEF é um dos programas de políticas públicas de incentivo à leitura e à produção escrita desenvolvido por meio de sequências didáticas para o trabalho com texto. O corpus da pesquisa é constituído do Caderno do Professor Se bem me lembro... (2008) e de um conjunto de textos finalistas da OLPEF, relativos à coletânea Memórias (2008). A temática desse corpus, portanto, é memorialista. Em termos teóricos, a tese tem como base os fundamentos da filosofia bakhtiniana de linguagem em correlação com desdobramentos da semiótica discursiva francesa a fim de desvendar questões que norteiam o estilo em enunciados memorialistas, tal como produzidos pelos alunos participantes do evento, do que emerge a questão de autoria, pertinente à produção escrita desse aluno no contexto da OLPEF. Para isso, a tese apresenta análises e reflexões a respeito de questões discursivas tais como: as responsividades inerentes ao projeto enunciativo do aluno-autor; as relações dialógicas entre o eu e o outro em tal situação de desafio à competência discursiva; as orientações, invariantes e variantes, do enunciado; o diálogo entre textos e a captação do estilo de gênero; o simulacro discursivo do enunciador; as relações entre estilo de gênero e estilo autoral. Observa-se que o processo de constituição do dizer memorialista reflete tendências constantes da recepção ativa do discurso do outro. Por conseguinte, há distintos modos de o aluno-autor articular as competências discursivas convocadas pelo enunciado. Há vozes que fazem sobressair os elementos composicionais e temáticos sugeridos pelo Caderno do Professor. Há vozes que, além do diálogo permanente com as orientações do Caderno, destacam-se pelo diálogo que as diferencia e as afasta das vozes do Caderno. Em todas está a projeção de posicionamentos valorativos e o modo peculiar de organizar o conteúdo e o material. Disso depreende-se a noção de densidade de presença autoral do aluno-autor, a qual vai de um gradiente menor, atenuando a presença autoral, a um grau maior e mais denso de presença. O estilo de gênero e o estilo autoral são modos de dizer em inter-relação. As recorrências na construção composicional e no conteúdo temático tendem a ser valorizadas quando se trata de estilo do gênero; as constâncias do modo de uso de tópicos temáticos, das relações dialógicas entre enunciados, das polêmicas instauradas pelos atores da enunciação remetem a um modo de presença do enunciador, o estilo autoral. Eis o estilo, conceito que, ao estabelecer as bases do sentido, delineia a imagem do sujeito discursivo.
Título em inglês
Questions of style and genre: a study on memorialist utterances from the Portuguese Language Olympiad Writing the Future
Palavras-chave em inglês
Authorship
Enunciative project
Memorialist utterances
Portuguese language olympiad - writing the future
Style
Resumo em inglês
The trends in Portuguese language teaching concerning Elementary Education in Brazil privilege linguistic and discursive approaches centered in the production, circulation and reception of texts. In consonance with these trends, this thesis investigates notions of genre style and authorship having as its object the Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro [Portuguese Language Olympiad - Writing the Future (OLPEF, 2008). OLPEF is one of the programs of public policies of incentive to reading and writing developed by means of didactic sequences for work with texts. The corpus of the research is the Instructors Manual Se bem me lembro... (2008) [If I remember well] and some texts of OLPEF, selected for the final turn of the competition regarding the texts gathered in the book Memórias (2008) [Memories]. The thematic unity of this corpus is therefore memories. In theoretical terms, the thesis has as its basis the Bakhtinian philosophy of language in correlation with some modern aspects of French discursive semiotics in order to solve questions that guide style in memorialist statements produced by pupils participating in the event, from which emerges the question of authorship in written productions of pupils in the context of OLPEF. For doing this, the thesis presents analyzes and reflections regarding discursive questions such as the inherent responsiveness of enunciative projects of pupils-authors; dialogical relationships between I and the other in such situation of challenge to discursive ability; invariant and variant orientations of utterances; the dialog among texts and the appropriation of genre style; the discursive simulacrum of enunciators; the relationships between genre style and authorial style. We observed that the process of constitution of memorialist enunciation reflects constant trends of active reception of the others discourse. Therefore, there are distinct ways for pupils-authors to articulate discursive abilities convoked by utterances. There are voices which emphasize compositional and thematic elements suggested by the Instructors Manual. There are voices which, in addition to permanently dialoguing with those instructions, are remarkable due to the dialog that differentiates them and make them go away from the voices of the Manual. In all of them there is the projection of evaluative positionings and a peculiar way of organizing the content and the material. From this we inferred the notion of density of authorial presence of pupils-authors, which goes from a lesser gradient, attenuating authorial presence, to a greater and denser degree of presence. Genre style and authorial style are ways of saying in inter-relation. Recurrences in compositional construction and thematic content tend to be valued when genre style is the focus; constancies in the ways of using thematic topics, of dialogical relationships among utterances, controversies created by actors of the enunciation point to a manner of presence of enunciators, namely, authorial style. This is style, a concept which, as it establishes the bases of sense, also delineates the image of discursive subjects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.