• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-12112007-150159
Documento
Autor
Nome completo
Milca Veloso Nogueira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Santos, Raquel Santana (Presidente)
Pagotto, Emilio Gozze
Souza, Paulo Chagas de
Título em português
Aspectos segmentais dos processos de sândi vocálico externo no falar de São Paulo
Palavras-chave em português
Degeminação
Ditongação
Elisão
Fonologia prosódica
Sândi externo
Resumo em português
Esta dissertação trata dos processos fonológicos de elisão, ditongação e degeminação no falar de São Paulo. Além dos trabalhos clássicos sobre esses processos de sândi vocálico externo, em Português Brasileiro, serão apresentados dados de um experimento feito para este trabalho. De acordo com os dados do corpus desta dissertação, houve preferência pela aplicação da elisão e não da ditongação, nos casos em que ambos os processos eram possíveis. Os números referentes à elisão confirmaram a afirmação de Bisol com relação à aplicação categórica desse processo quando a vogal a ser elidida é [a]. No entanto, houve alta aplicação de elisão de [u], indicando um favorecimento pela elisão e não pela ditongação. Houve ainda algumas ocorrências de elisão de vogal [coronal], quando esta vogal era precedida por uma consoante que partilhava os mesmos traços com ela. Considerando-se os contextos para ditongos crescentes vs ditongos decrescentes, observou-se uma forte preferência pelo ditongo crescente nos dados coletados do dialeto de São Paulo. Finalmente, com relação à posição do contexto de aplicação dos processos, na seqüência de três vogais adjacentes (V1V2V3), observou-se que o contexto V1+V2 favorece a ocorrência de elisão, e não da ditongação. O processo de elisão, no corpus desta dissertação, foi mais aplicado quando a vogal a ser elidida estava na fronteira de grupos clíticos, podendo estar ou na fronteira de sintagmas fonológicos ou dentro de um mesmo sintagma.
Título em inglês
The phonological processes of vowel elision, diphthongation and vowel degemination used by speakers from São Paulo
Palavras-chave em inglês
Diphthongation
External sandhi
Prosodic phonology
Vowel degemination
Vowel elision
Resumo em inglês
This dissertation deals with the phonological processes of vowel elision, diphthongation and vowel degemination used by speakers from São Paulo. Besides presenting some classic studies about the so called processes of external sandhi in Brazilian Portuguese, this dissertation will also present new data recorded in order to carry on the analysis. Data showed that vowel elision is more productive than diphthongation in contexts within which both processes were possible to be applied. Besides, they confirmed Bisol's hypothesis that there is categorical use of vowel elision when the vowel (to be elided) is [a]. Nevertheless, elision of vowel [u] was also productive, indicating the preference for vowel elision over diphthongation. There were also some occurrences of coronal vowel elision, when this vowel and its preceding consonant shared phonological features. Also, it could be noted a strong preference for rising diphthongs, not for the falling ones, in the data collected in São Paulo. Finally, it was observed that the sequence "first vowel + second vowel" - V1+V2 - (in a sequence formed by three adjacent vowels - V1+V2+V3) favors the use of elision over diphthongation. Vowel elision, according to the data collected in order to carry on the analysis presented in this dissertation, was more productive in clitic group boundaries, within the phonological phrase as well as in phonological phrase boundaries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-01-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.