• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2018.tde-10092018-152211
Documento
Autor
Nome completo
Lucia Passafaro Peres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Ivã Carlos (Presidente)
Barros, Mariana Luz Pessoa de
Campos, Norma Discini de
Pereira, Daniervelin Renata Marques
Título em português
Mídias digitais na educação: as diferentes enunciações em objetos de aprendizagem na internet
Palavras-chave em português
Audiovisuais
Educação
Mídias digitais
Objetos de aprendizagem
Semiótica
Resumo em português
Esta dissertação consiste na análise de três audiovisuais educativos que apresentam a demonstração do teorema de Pitágoras. Os audiovisuais são "Prova visual do teorema de Pitágoras", da organização Khan Academy, "Pitágoras na prática", da revista eletrônica Ciência Hoje das Crianças, e "Teorema de Pitágoras", do portal educativo Eureka.in. O objetivo deste trabalho é identificar a maneira como o enunciador de cada um desses audiovisuais persuade o enunciatário a querer entrar em conjunção com o objeto de valor "compreensão do teorema de Pitágoras". A análise desse fazer persuasivo é feita, principalmente, por meio da depreensão do éthos discursivo da enunciação, utilizando-se como base teórica a semiótica desenvolvida por Algirdas Julien Greimas e seus desdobramentos, como a semiótica tensiva, desenvolvida por Claude Zilberberg e Jacques Fontanille. O conceito de éthos discursivo utilizado é fundamentado no conceito de éthos aristotélico. Na Retórica, Aristóteles afirma que a persuasão em um discurso se dá por meio de três características: o carácter (éthos) moral do orador, o modo como o ouvinte ouve o discurso e as demonstrações feitas no discurso. Segundo Aristóteles (2005), o éthos é uma das principais maneiras de persuasão em um discurso. A persuasão pelo éthos (ou caráter) consistiria em fazer uma boa imagem de si mesmo para ganhar a confiança do público. Considerando que o éthos do enunciador é intrínseco à enunciação, procuramos depreendê-lo por meio de aspectos como marcas da enunciação no enunciado debreagens de pessoa, tempo e espaço, por exemplo e por meio de escolhas do enunciador que se observam tanto no plano do conteúdo como no plano da expressão. Concluiu-se que as três enunciações analisadas possuem imagens distintas de enunciador, que, por sua vez, projetam diferentes enunciatários e estabelecem diferentes modos de ensino e aprendizagem.
Título em inglês
Digital media on education: the different enunciations in learning objects
Palavras-chave em inglês
Audiovisual
Digital media
Education
Learning objects
Semiotics
Resumo em inglês
This dissertation consists of an analysis of three educational videos which presents the Pythagorean theorem proof. The videos are "Visual Pythagorean Theorem proof" from Khan Academy organization, "Pythagoras in practice", from Ciência Hoje das Crianças electronic journal, and "Pythagorean Theorem", from Eureka.in education portal. The aim of this study is to identify how the enunciator of each of these videos persuades the enunciatee to be engaged in conjunction with the object of value "understanding of Pythagorean theorem". The analysis of this persuasive doing is performed mainly through the comprehension of discursive ethos of enunciation, using as main theoretical basis the semiotics created by Algirdas Julien Greimas and its unfolding, as the tensive semiotics developed by Claude Zilberberg and Jacques Fontanille. The idea of discursive ethos is based on the concept of Aristotelian ethos. In Rhetoric, Aristotle states that persuasion in a discourse takes place through three characteristics: the moral character (ethos) of the speaker, the way the listener receives the discourse and the statements made in the discourse. According to Aristotle (2005), ethos is one of the main persuasive factors in a discourse. Persuasion by ethos (or character) would consist of presenting a good self-image to gain public confidence. Whereas the ethos of the enunciator is intrinsic to the enunciation, we try to deduce it through aspects like marks of enunciation in the enunciate débrayage of person, time and space, for example and through choices of the enunciator that are observed in the content plane as well as in the expression plane. It was concluded that the three enunciations analyzed delineate different images of enunciator, which in turn design different enunciatees and evoke different ways of thinking about teaching and learning in the context of widespread dissemination of new technologies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.