• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2012.tde-09012013-114759
Documento
Autor
Nome completo
Vera Lúcia Dias dos Santos Augusto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Santos, Irenilde Pereira dos (Presidente)
Almeida, Manoel Mourivaldo Santiago
Cristianini, Adriana Cristina
Dick, Maria Vicentina de Paula do Amaral
Gonçalves, Clézio Roberto
Título em português
Atlas semântico-lexical do estado de Goiás
Palavras-chave em português
Atlas linguístico
Dialetologia
Geolinguística
Goiás
Português falado do Brasil
Resumo em português
A presente tese tem como objetivo descrever a norma semântico-lexical presente em nove municípios Aruanã, Caldas Novas, Cidade de Goiás, Goiandira, Ipameri, Mineiros, Morrinhos, Pirenópolis e Trindade, com vistas ao Atlas Semântico-Lexical do Estado de Goiás. Com esse intuito, foi desenvolvida uma pesquisa de campo, característica de todos os trabalhos de natureza geolinguística, para a recolha do corpus oral. O extenso território goiano vem crescendo economicamente desde a época das bandeiras e expedições jesuíticas. O ritmo da concentração rural e urbana cada vez mais crescente e acelerado vem acarretando expressivas mudanças no cenário cultural e linguístico do estado. Por isso, faz-se necessário resgatar e registrar o quanto antes, a variação semântico-lexical dessas localidades, iniciandose, assim, a elaboração de um Atlas Linguístico no Estado de Goiás, como forma de se registrar a memória linguística das comunidades goianas. Com base no referencial teóricometodológico da Geolinguística contemporânea, aplicou-se o Questionário Semântico- Lexical do Projeto Atlas Linguístico do Brasil, versão 2001, a trinta e seis sujeitosentrevistados subdivididos em duas faixas etárias 18 a 30 e 50 a 65 anos de idade, em dois gêneros masculino e feminino. Um banco de dados semântico-lexical foi elaborado com as respostas obtidas nas entrevistas. Posteriormente, os dados foram descritos e documentados em 202 cartogramas linguísticos, com a finalidade de se apresentar os resultados da variedade semântico-lexical do falar dos pontos pesquisados. Dada a natureza do trabalho, adotou-se, também, o referencial teórico de Lexicologia presente em Barbosa e a noção de norma proposta por Coseriu. Para o tratameno quantitativo dos dados, sobretudo com relação às noções de frequência, recorreu-se a Muller. Chegou-se a resultados significativos como, 14 itens lexicais com 100% de frequência relativa; e 100 itens lexicais com frequência igual ou superior a 50% e distribuição regular. Esses resultados apontam não apenas a norma semântico-lexical dos pontos pesquisados, como também constituem um retrato parcial do falar goiano.
Título em inglês
Semantic-Lexical Atlas of Goiás State
Palavras-chave em inglês
Dialectology
Geolinguistic
Goiás
Linguistic atlas
Spoken portuguese in Brasil
Resumo em inglês
This thesis aims to describe the semantic-lexical standard present in nine towns Aruanã, Caldas Novas, Goiás, Goiandira, Ipameri, Mineiros, Morrinhos, Pirenópolis and Trindade, considering the Semantic-Lexical Atlas of Goiás State. Based on this plan, a field research was developed, as it naturally happens in all geolinguistic works for the collection of the oral corpus. The Goiás extensive territory has been growing enormously economically since the Jesuit expeditions time. The increasing rate of the rural and urban concentrations has been bringing on significant changes in the state cultural and linguistic scenario. Therefore, it is necessary to rescue and register the semantic-lexical variation of these localities as soon as possible, and consequently start the development of a Linguistic Atlas in the state of Goiás as a way to register the linguistic memory of the communities of Goiás. Based on the theoretical-methodological referential of the Contemporary Geolinguistic, the Semantic- Lexical Questionnaire of the Brazilian Linguistic Atlas Project, version 2001, was applied to thirty six individuals who were interviewed and separated into two age levels, from 18 to 30 and from 50 to 65, and also genders, male and female. A semantic-lexical data base was elaborated with the answers obtained from the interviews. The data were later described and documented into 202 linguistic cartograms aiming to present the results of the semanticlexical linguistic variety of the researched aspects. Given the nature of this work, the Lexicology theoretic referential present in Barbosa was adopted, and the conception of regulation proposed by Coseriu. Significant results were raised, such as 14 lexical items with 100% relative frequency, and 100 lexical items with an equal or superior 50% frequency and a regular distribution. Not only do these results show a semantic-lexical regulation of the issues researched, but they also constitute a partial picture of the goiano way of speaking.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.