• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2010.tde-08022011-154802
Documento
Autor
Nome completo
Karine Marielly Rocha da Cunha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Barbosa, Maria Aparecida (Presidente)
Baccin, Paola Giustina
Martins, Cláudia Fátima Morais
Mordente, Olga Alejandra
Praxedes, Carmem Lucia Pereira
Título em português
Proposta de um trabalho lexicográfico para as notas de rodapé da obra adaptada I Promessi Sposi de Alessandro Manzoni
Palavras-chave em português
I Promessi Sposi
Leitura graduada
Lexicografia
Língua italiana
Literatura adaptada
Notas de rodapé
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo principal a proposta de novas notas de rodapé para o livro I Promessi Sposi Adattamento del testo e note di Marisa Pasqualetti, CIDEB, 2007. Inicialmente, fizemos um levantamento dos livros de leitura graduada para estrangeiros existentes no mercado editorial italiano. Verificamos que alguns dos títulos eram adaptações de obras clássicas da literatura italiana, outros eram policiais, de aventura e romance. A característica comum a esses títulos, além da linguagem controlada, é que todos eles apresentam notas de rodapé e que, na maioria das vezes, essas notas trazem um vocabulário já conhecido pelo público brasileiro. Dessa forma, colocamos as questões que pretendemos responder ao final dessa pesquisa: para quem é destinada as notas de rodapé dessas obras? A simplificação lexical é suficiente para tornar uma obra de fácil leitura? Qual é o critério usado para a escolha das palavras que vão compor as notas de rodapé dessas obras? Para a proposta das novas notas de rodapé do livro I Promessi Sposi adaptado, aplicamos a leitura da obra a sete grupos de alunos que possuíam, de certa forma, o mesmo nível de conhecimento lexical. Foi pedido a esses alunos que ao final da primeira leitura realizassem uma segunda leitura (de modo a provocar o mínimo possível de ruído na primeira leitura) preenchendo uma tabela que continha três colunas: primeira coluna elenco das palavras que constavam nas notas de rodapé desnecessariamente; segunda coluna palavras que não constavam nas notas de rodapé, porém, que deveriam constar (nesse caso, não seria todas as palavras desconhecidas, mas aquelas, que em uma leitura global ainda apresentavam-se incompreensíveis ou duvidosas); terceira coluna palavras que constavam no rodapé cuja explicação era insuficiente. Analisamos as colunas de 50 fichas preenchidas pelos alunos e verificamos que, das 213 palavras e/ou expressões que faziam parte das notas de rodapé, 77 eram desnecessárias, 19 deveriam ser reformuladas e 55 deveriam ser inseridas. Ao final, o título analisado teria 191 notas destinadas ao público brasileiro, 22 a menos do que o número total utilizado pela editora.
Título em inglês
A proposal for a lexicography work for the footnotes of the adapted work I Promessi Sposi, by Alessandro Manzoni
Palavras-chave em inglês
Adapted literature
Footnotes
Graded readers
I Promessi Sposi
Lexicography
The italian language
Resumo em inglês
This research mainly aims at proposing new footnotes to the book I Promessi Sposi Adattamento del testo e note di Marisa Pasqualetti, CIDEB, 2007. At first, we made a survey of the graded readers for foreigners that we have access to in the Italian publishing industry. We identified that some of the books are adaptations from classic books in the Italian literature; others were suspense, adventure or romance stories. The common feature in all these classics, besides the graded language, is that all of them present footnotes, and that most of the times the vocabulary used is already familiar to the Brazilian readers. This way, we placed the following queries that we want to elicit in our research: Whom are the footnotes addressed to? Is the lexical simplification sufficient in order to make the reading of a piece of art of easy attainability? What is the criterion used for choosing the words which will come as footnotes in these books? In order to propose the new footnotes for the adapted I Promessi Sposi, we asked 07 different groups that were basically in the same lexical level to read the story. The students were asked to do a second reading right after the first one (in such a way so as to provoke the least interference in the first reading) and were asked to fill in a table with three columns: the first column demanded a list of words that were unnecessarily explained in the footnotes; the second column asked for words that were not in the footnotes but should be (in this case, not all the words would be unknown, but also words that could result in doubts or misunderstandings in a global reading); and the third column asked for words that were in the footnotes but whose explanations were insufficient. We analyzed the columns in 50 records filled up by the students and we found that from the 213 words and expressions that were in the footnotes, 77 were unnecessary, 19 should be reformulated and 55 should be inserted. By the end, the title which was chosen should have 191 footnotes destined to the Brazilian readers, 22 less that the number used by the publishing house.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.