• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2006.tde-05122008-111037
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Amaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Wertzner, Haydée Fiszbein (Presidente)
Guedes, Zelita Caldeira Ferreira
Palomo, Sandra Maria Silva
Título em português
Descrição de distorções dos sons da fala em crianças com e sem transtorno fonológico
Palavras-chave em português
Alterações fonéticas
Diagnóstico
Fonoaudiologia
Palatografia
Transtorno fonológico
Resumo em português
No transtorno fonológico podem ocorrer concomitantemente alterações fonéticas e fonológicas, que comprometem a articulação e o conhecimento internalizado do sistema de sons da língua. As alterações fonéticas podem acontecer também em crianças com desenvolvimento típico de linguagem. Várias pesquisas têm mostrado a importância de se utilizar técnicas objetivas durante o diagnóstico bem como da aplicação de índices de gravidade. O objetivo desta pesquisa é identificar a ocorrência de distorções de fala e aplicar e comparar os índices de gravidade em crianças entre cinco e sete anos de idade com e sem transtorno fonológico. Para isso, foram avaliadas 30 crianças com desenvolvimento típico de linguagem (GSTF) e 15 crianças com transtorno fonológico (GTF). Foram aplicadas provas experimentais de fonologia, fala espontânea e avaliação da motricidade orofacial e calculados os índices PCC, PCC-R, PDI, RDI e ACI nas provas de fonologia e fala espontânea. Se detectada qualquer tipo de distorção em quaisquer umas das provas de fonologia nos sons [s], [z], [?], [?], [l], [?] e [?] era aplicada a prova para verificação específica de distorção, além da palatografia e linguografia.Os resultados apontaram que no GSTF, 23,3% das crianças apresentou distorção nas provas de fonologia e fala espontânea nos sons [s], [z], [?] e [l]; no GFT 20% das crianças apresentou distorção nas provas de fonologia e fala espontânea nos sons [s], [z] e [?]; não houve evidências de diferença significativa entre o número de sujeitos que apresentaram distorção no GSTF e GTF. Houve diferença significante apenas nas provas de imitação e fala espontânea na faixa etária de sete anos, com maior ocorrência de distorção do [s] no grupo GTF do que no GSTF. Apenas o GTF apresentou distorção no [?], parece que a distorção deste som está mais relacionada ao transtorno fonológico. A análise da palatografia confirmou a análise perceptiva, oferecendo a vantagem de mostrar o local exato da produção. No GSTF e no GTF, os sujeitos que não apresentaram distorção obtiveram todos os índices melhores do que os sujeitos com distorção. O índice ACI indicou que o GSTF sem distorção teve o melhor desempenho, mostrando-se adequado para medir a competência articulatória .
Título em inglês
Description od speech distortions in children with without phonological disorders
Palavras-chave em inglês
Diagnosis
Palatography
Phonetic alterations
Phonological disorder
Speech language and hearinf sciences
Resumo em inglês
Phonological and phonetic alterations can occur together in the phonological disorder compromising the articulation and the internal knowledge of the speech sounds of a language. Phonetic alterations can occur in children with typical phonological development. Several researches have shown the importance of the use of objective techniques during both the diagnosis of disorder and application of severity indexes. The aim of this research is to identify the occurrence of distortions in the speech. Also, to apply and compare severity indexes in children between five and seven years old with and without phonological disorders. 30 children with typical language development (GSTF) and 15 phonologically-disordered children (GTF) were assessed. Experimental test of Phonology (nomeation, imitation and continuous speech) and the oral motricity were applied. The PCC, PPC-R, PDI, RDI and ACI indexes were calculated based on Phonology tests. If any kind of distortion as detected in any Phonology test related to the sounds [s], [z], [?], [?], [l], [?] and [?], the specific test to verify distortion was used, for confirmation and perceptual classification of kind distortion, besides the palatography and tongue graph. The results pointed that in the GSTF, 23,3% of the children presented distortion in the Phonology tests and continuous speech in the [s], [z] and [?] sounds; there was no evidence of statistic differences between number of subjects that presented distortion in the GSTF and in the GTF. There was significant difference only in the imitation and continuous speech tests in the age range of seven years, with more occurrence of [s] distortion in the GTF compared to the GSTF. Only the GTF presented [] distortions. It seems that this distortion is more related to the phonological disorder. The palatography and the tongue graph confirmed the perceptive analysis, offering the advantage of showing the exact place of production. All subjects from the GSTF and GTF that did not present distortions had better severity indexes compared to the subjects that presented it. The ACI index indicated that the GSTF without distortion had better performance, showing that it is adequate to measure articulatory competence.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LUCIANA_AMARO.pdf (7.50 Mbytes)
Data de Publicação
2008-12-05
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • WERTZNER, H. F., et al. Relação entre os processos fonológicos e classificação perceptiva de inteligibilidade de fala no transtorno fonológico. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2005, vol. 10, nº 4, p. 193-200.
  • WERTZNER, H. F., AMARO, Luciana, e GALEA, Daniela Evaristo dos Santos. Phonological performance measured by Speech Severity Indexes related to correlated factors [doi:10.1590/S1516-31802007000600002]. São Paulo Medical Journal [online], 2007, vol. 125, p. 309-314.
  • WERTZNER, H. F., AMARO, Luciana, e TERAMOTO, Suzana. Descritores da Classificação da gravidade do distúrbio fonologico. Pró-Fono, 2004, vol. 16, nº 2, p. 139-150.
  • WERTZNER, H. F., AMARO, Luciana, e TERAMOTO, Suzana. Gravidade do Distúrbio Fonológico: Julgamento Perceptivo e Porcentagem de Consoantes Corretas [doi:10.1590/S0104-56872005000200007]. Pró-Fono [online], 2005, vol. 17, nº 2, p. 185-194.
  • WERTZNER, H. F., SCHREIBER, Solange, e AMARO, Luciana. Análise da freqüência fundamental, jitter, shimmer e intensidade vocal em crianças com transtorno fonológico [doi:10.1590/S0034-72992005000500007]. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia [online], 2005, vol. 71, nº 5, p. 582-588.
  • WERTZNER, H. F., SOTELO, Mariana Bonafe, e AMARO, Luciana. ANALYSIS OF DISTORTIONS IN CHILDREN WITH AND WTIHOUT PHONOGICAL DISORDERS [doi:10.1590/S1807-59322005000200004]. Clinics (USP. Impresso) [online], 2005, vol. 60, nº 2, p. 93-102.
  • WERTZNER, H. F., ORTIGOSO, Francine Tovo, e AMARO, Luciana. Análise comparativa do índice PCC em sujeitos com transtorno fonológico não submetidos à intervenção fonoaudiológica. Temas sobre Desenvolvimento, 2005, vol. 14, nº 80, p. 33-39.
  • WERTZNER, H. F., RAMOS, Anne Caroline O, e AMARO, Luciana. Índices Fonológicos aplicados ao desenvolvimento típico e ao transtorno fonológico. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2004, vol. 9, nº 4out/dez, p. 199-204.
  • WERTZNER, H. F., GALEA, Daniela e S, e AMARO, Luciana. Influência do tipo de processos fonológicos da inteligibilidade e gravidade do distúrbio fonológico. In V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense, Fortaleza, 2003. Anais do V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense., 2003. Resumo.
  • AMARO, Luciana, et al. Severity &PCC index in Brazilian Portuguese Speaking Children. In ASHA Convention, San Diego, 2005. Teh ASHA Leader.Rockville : ASHA, 2005. Abstract. Available from: http://convention.asha.org/handouts.cfm.
  • AMARO, Luciana, e WERTZNER, H. F. Descrição das distorções de fala em crianças com e sem transtorno fonológico. In 15º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e 7º Congresso Internacional de Fonoaudiologia, Gramado, 2007. Suplemento da Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - Anais do 15º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e 7º Congresso Internacional de Fonoaudiologia.São Paulo : SBFa, 2007. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., et al. Análise comparativa do índice pcc em sujeitos com distúrbio fonológico não-submetidos à intervenção fonoaudiológica. In X Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Belo Horizonte, 2002. Anais do X Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia. : MGBRAS, 2002. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., et al. Comparação do índice de PCC e do julgamento perceptual da severidade do distúrbio fonológico. In IX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, Guarapari, 2001. , 2001. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., et al. RELAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE GRAVIDADE E DISTORÇÃO DE FALA EM CRIANÇAS COM TRANTORNO FONOLÓGICO. In XIII Congresso Brasileiro de fonoaudiologia, Santos, 2005. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. : Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2005. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., et al. RELAÇÃO ENTRE ÍNDICE PERCEPTIVO DE INTELIGIBILIDADE DE FALA E COMPREENSÃO DE FALA NO TRANSTORNO FONOLÓGICO. In XIII Congresso Brasileiro de fonoaudiologia, Santos, 2005. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. : sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2005. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., et al. RELAÇÃO ENTRE O USO DE PROCESSOS FONOLÓGICOS E CLASSIFICAÇÃO PERCEPTIVA DE INTELIGIBILIDADE DE FALA NO TRANSTORNO FONOLÓGICO. In XII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia II Congresso Sulbrasileiro de Fonoaudiologia, Foz de Iguaçu. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. : Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2004. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., AMARO, Luciana, e RAMOS, Anne Carolina. Comparação entre Índices de Gravidade no Distúrbio Fonológico. In V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense, Fortaleza, 2003. Anais do V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense., 2003. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., AMARO, Luciana, e SCHREIBER, Solange. Estudo das características vocais - intensidade, frequência fundamental, jitter e shimmer, em crianças com distúrbio fonológico. In V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense, Fortaleza, 2003. Anais do V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense., 2003. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., AMARO, Luciana, e SOTELO, Mariana Bonafe. Análise da proporção de processos fonológicos em diferentes amostras de fala. In V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense, Fortaleza, 2003. Anais do V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense., 2003. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., and AMARO, Luciana. Severity and Speech Intelligility in Brazilian Children with Phonological Disorder. In Symposium on Research in Child Language Disorders, Madison, 2004. SRCLD., 2004. Abstract. Available from: http://www.srcld.org.
  • WERTZNER, H. F., e AMARO, Luciana. Associação entre índice e classificação de gravidade do distúrbio fonológico. In V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense, Fortaleza, 2003. Anais do V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense., 2003. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., e AMARO, Luciana. Inteligibilidade de Fala no Distúrbio Fonológico. In V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense, Fortaleza, 2003. Anais do V Congresso Internacional XI Congresso Brasileiro I Encontro Cearense., 2003. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., e AMARO, Luciana. Julgamento perceptual da severidade e da inteligibilidade do distúrbio fonológico. In VIII Jornada de Fonoaudiologia da UNESP de Marília, Marílai, 2002. VIII Jornada de Fonoaudiologia da UNESP de Marília - Resumos. : Fundepe, 2002. Resumo.
  • WERTZNER, H. F., GALEA, Daniela Evaristo dos Santos, and AMARO, Luciana. Phonological Severity Related to Developing Aspects of Children. In 2004 IALP Congress, Brisbane, 2004. 2004 IALP Congress Proceedings. : Speech Pathology Australia, 2004. Abstract.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.