• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.8.2010.tde-30092010-111933
Documento
Autor
Nombre completo
Fabio Lucas da Cruz
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2010
Director
Tribunal
Soares, Gabriela Pellegrino (Presidente)
Capelato, Maria Helena Rolim
Cruz, Denise Rollemberg
Título en portugués
Frente Brasileño de Informaciones e Campanha: os jornais de brasileiros exilados no Chile e na França (1968-1979)
Palabras clave en portugués
Chile
Ditadura
Esquerda
Exílio
Imprensa
Resumen en portugués
A pesquisa analisa periódicos produzidos por brasileiros exilados no Chile entre 1968 e 1973, com o objetivo de identificar como esses intelectuais concebiam o Brasil e a América Latina a partir das experiências do exílio e das revisões das concepções teóricas que regiam a ação dos grupos de esquerda. Foram selecionados para análise os periódicos com maior duração e circulação: o Frente Brasileño de Informaciones, publicado entre 1968 e 1973 pelo Comitê de Denúncia de Repressão no Brasil, e o Campanha, produzido a partir de 1972 pelo grupo de esquerda Fração Bolchevique. Embora apresentassem posicionamentos políticos distintos, ambos debatiam as complexas transformações do exílio e possibilitavam a troca de informações e ideias entre os grupos de brasileiros presentes no Chile, no Brasil e na Europa. Após a implantação do regime militar chileno em 1973, que obrigou os brasileiros a partirem para um novo exílio, o Campanha reapareceu em Paris e passou a apresentar artigos que evidenciavam uma grande alteração de perspectivas sobre a realidade latino-americana e sobre os projetos revolucionários discutidos e conduzidos a partir do exílio. A pesquisa também analisa a trajetória desse periódico em Paris para observar qual foi o impacto da vivência do exílio no Chile e do golpe militar de 1973 para a redefinição das concepções e estratégias de ação do grupo que o produzia. Por meio da análise dos textos e imagens dos impressos produzidos no Chile e também do Campanha após sua reorganização em 1974, almeja-se identificar quais alterações ocorreram nas diferentes abordagens sobre o exílio, o Brasil, a América Latina e a Esquerda. A pesquisa estende-se até o ano de 1979, quando os exilados começam a retornar ao Brasil, intensificando os debates sobre a redemocratização e a reinserção numa sociedade por tanto tempo imaginada e muito distante da realidade que viriam encontrar.
Título en inglés
Frente Brasileño de Informaciones and Campanha: journals produced by Brazilians exiles in Chile and France (1968-1973)
Palabras clave en inglés
Chile
Dictatorship
Exile
Left
Press
Resumen en inglés
The research analyzes journals produced by Brazilians exiles in Chile between 1968 and 1973, aiming to identify how these intellectuals understood Brazil and Latin America according to the experiences of exile and the reviews of the theoretical concepts that guide the actions of leftist groups. Two journals that have greater duration and circulation were selected for the analysis: Frente Brasileño de Informaciones, published between 1968 and 1973 by the Comitê de Denúncia e Repressão no Brasil, and Campanha, produced in 1972 by a group denominated Fração Bolchevique. Although they presented different political positions, both debated the complex transformations from exile and made possible the exchange of information and ideas between groups of Brazilians present in Chile, Brazil and Europe. After the implementation of the Chilean military regime in 1973, which forced the Brazilian to leave for a new exile, Campanha reappeared in Paris and began to submit articles that demonstrate a significant change in perspectives on the Latin American reality and about the revolutionary projects discussed and led from exile. The survey also examines the trajectory of this journal in Paris to see how the impact of living in exile in Chile and the military coup of 1973 redefine the concepts and action strategies of the group that produced it. Through analysis of texts and images of printed materials produced in Chile and also from Campanha after its reorganization in 1974, we aim to identify what changes occurred in the different approaches on exile, Brazil, Latin America and the Left. The research extends to the year 1979, when the exiles began to return to Brazil, intensifying the debate on democratization and reintegration in society for so long imagined and far from reality that they would find.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2010-10-01
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2019. Todos los derechos reservados.