• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-29072015-141646
Documento
Autor
Nome completo
Flavia de Angelis Santana
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Guariba Netto, Ulysses Telles (Presidente)
Costa, Milton Carlos
Martinez, Paulo Henrique
Secco, Lincoln Ferreira
Silva, Marcos Antonio da
Título em português
Movimento estudantil e ensino superior no Brasil: a reforma universitária no centro da luta política estudantil nos anos 60
Palavras-chave em português
Ditadura brasileira
Ensino superior
Movimento estudantil
Reforma universitária
UNE
Resumo em português
O movimento estudantil teve um papel de destaque no debate e na formulação de modelos para o ensino superior brasileiro ao longo da década de 1960. Nesse sentido, esta pesquisa pretende demonstrar que a reforma universitária não só nasceu nos meios estudantis como foi a luta prioritária dos estudantes durante os anos 60; luta esta que se deu a partir da articulação de suas ações políticas e educacionais, conforme orientação da União Nacional dos Estudantes. Com este intuito, esta tese se dividiu em quatro capítulos. O primeiro traz o período da criação da UNE, em 1937, à retomada da entidade por estudantes progressistas, em 1956, e procura mostrar que, neste período, o movimento estudantil ainda não tinha a reforma universitária como luta prioritária. O segundo capítulo mostra como e quando a reforma universitária se tornou a principal bandeira reivindicatória dos estudantes, como se deu a articulação de suas lutas políticas e educacionais em defesa da reformulação do ensino superior e como evoluíram as concepções estudantis a respeito desta reformulação. O terceiro e o quarto capítulos trazem o duplo desafio dos estudantes a partir de 1964, de lutar contra a repressão e as tentativas de controle da ditadura ao mesmo tempo em que davam continuidade à sua luta prioritária pela reforma universitária.
Título em inglês
Student movement and higher education in Brazil: the University reform in the student center of political struggle in the 60s
Palavras-chave em inglês
Brazilian dictatorship
Higher education
Student movement
UNE
University reform
Resumo em inglês
The student movement had a prominent role in the discussion and formulation of models for the Brazilian higher education throughout the 1960s this sense, this research aims to demonstrate that the university reform not only born in the student media as was the struggle of priority students during the 60s; this fight that took place from the articulation of its educational and policies actions, as recommended by the National Union of Students. To this end, this thesis is divided into four chapters. The first brings the period of creation of UNE in 1937, the resumption of authority by progressive students in 1956, and seeks to show that in this period, the student movement had not yet university reform as a priority fight. The second chapter shows how and when the university reform became the main vindicatory flag of students, how was the articulation of policies and educational struggles for overhaul of higher education have evolved and how the student conceptions about this redesign. The third and fourth chapters present the dual challenge of students from 1964 to fight against repression and attempts to control the dictatorship while they gave continuity to its priority struggle for university reform.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-07-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.