• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-26112008-162528
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Tonello Levy
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Novinsky, Anita Waingort (Presidente)
Beresin, Jaffa Rifka
Silva, Lina Gorenstein Ferreira da
Título em português
Judeus e marranos no Brasil holandês: pioneiros na colonozação de Nova York (séculoXVII)
Palavras-chave em português
História
Invasões holandesas
Judeus
Nova Iorque
Pernambuco
Resumo em português
Os holandeses ocuparam durante 24 anos o nordeste brasileiro: Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Itamaracá. (1630-1654). Nesse período, Pernambuco se transformou numa verdadeira metrópole, com uma vida cultural intensa, onde poetas, cientistas e filósofos tornaram o Brasil num centro intelectual único na América do Sul. Nesse contexto, os judeus puderam constituir uma comunidade com escolas, sinagogas e cemitério, dando sua contribuição ao enriquecimento da vida cultural da região. No ano de 1654, os portugueses reconquistaram o Nordeste e os holandeses foram expulsos. Junto com os holandeses, foram também expulsos cerca de 600 judeus, pois no império português só a religião católica era permitida. Após sofrerem várias vicissitudes durante a viagem, vinte e três brasileiros; homens, mulheres e crianças, conseguiram chegar à Nova Amsterdã, atual Nova Iorque. O início da vida foi difícil. Nova Iorque era então uma insignificante vila, semideserta, governada por um calvinista fanático, que impôs sérias dificuldades aos recém-chegados. Depois de numerosas atribulações, os vinte e três judeus conseguiram sobreviver exercendo um pequeno comércio que logo se expandiu. Depois da guerra pela independência norte-americana, os descendentes dos sefaraditas alcançaram plena cidadania. A religião deixou de ser empecilho. Os judeus não eram mais uma minoria tolerada, mas cidadãos norte-americanos plenos. Os brasileiros e seus descendentes espalharam-se por diversas regiões dos Estados Unidos, e se sobressaíram na luta pelos direitos civis, pela tolerância e liberdade. Os Henrique, os Lucena, os Andrade, os Costa, os Gomes, os Ferreira ajudaram a construir um novo mundo de cidadãos livres e iguais
Título em inglês
Jews and Marranos in Dutch Brazil: pioneers in the colonization of New York (séculoXVII)
Palavras-chave em inglês
Dutch invasions
History
Jews
New York
Pernambuco
Resumo em inglês
The Dutch invaded and occupied the Brazilian Northeast (Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte and Itamaracá) for 24 years (1630-1624); In this period, Pernambuco evolved into a real metropolis, with an intense cultural life, where poets, scientists and philosophers transformed Brazil into an intellectual center unique in South America. In this context the Jews were able to constitute a community with schools, synagogues and a cemetery, and to give their contribution to the enrichment of the cultural life of the region. In the year of 1654 the Portuguese conquered the Northeast and expelled the Dutch. With them were also expelled about 600 Jews, because in the Portuguese Empire only Catholics were allowed. After a dangerous voyage, 23 jews from Brazil, men, women and children were able to arrive to New Amsterdam, today New York. The beginning of life in North America was hard. New Amsterdam was a small village, hardly populated and ruled by a fanatic Calvinist that imposed serious difficulties to the newly arrived. After various vicissitudes, the 23 sephardim were able to survive, by a small merchant business that soon grew up. After the American war of Independence, the descendants of these Jews obtained their citizenship. The religion was not anymore an obstacle. Jews were not anymore a tolerated minority, but North Americans citizens. The Brazilians and their descendants sprayed for various regions of the United States and were important in the struggle for the civil rights, for tolerance and freedom. The Henrique, Lucena, Andrade, Costa, Gomes and Ferreira helped to build a new world of free and equal citizens
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.