• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2002.tde-24022003-181739
Documento
Autor
Nome completo
Mario Jorge da Motta Bastos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Franco Junior, Hilario (Presidente)
Andrade Filho, Ruy de Oliveira
Campos, Flavio de
Cardoso, Ciro Flamarion Santana
Nogueira, Carlos Roberto Figueiredo
Título em português
Religião e hegemonia aristocrática na Península Ibérica (Séculos IV-VIII).
Palavras-chave em português
Alta Idade Media
Espanha Visgotica
hegemonia aristocrastica
Idade Média
Igreja
religião
Resumo em português
Este estudo analisa as relações entre a difusão da religião cristã e a afirmação da hegemonia aristocrática no processo de constituição do regime senhorial na Península Ibérica entre os séculos IV e VIII. Considera-se essencial à caracterização deste processo a articulação entre cultura, religião e relações sociais de produção em desenvolvimento no período, eixo a partir do qual se abordam as complexas questões relacionadas à conversão e à preservação de crenças e práticas alheias ao cristianismo, concebidas no quadro das relações de dominação e resistência. Com base na análise de fontes primárias de natureza diversa, como a legislação régia, a coleção das atas conciliares, a literatura hagiográfica, os sermões, a liturgia, a poesia cristã e alguns tratados dogmáticos, destaca-se a íntima correlação entre a concepção de mundo, das relações travadas pelo homens entre si e com a natureza, divulgadas pelo cristianismo, e a afirmação da ascendência aristocrática na sociedade e no período em questão.
Palavras-chave em inglês
aristocratic hegemony
Church
High Middle Ages
Middle Ages
religion
visigothic Spain
Resumo em inglês
This work analyzes the connection between the spread of the Christian religion and the establishment of the aristocratic hegemony in the formation process of the landowner system in the Iberian Peninsula between 4th and 8th centuries. The articulation among culture, religion, and the social relationships of production being developed at the time are considered essential in order to characterize this process. From that point on, complex issues regarding the conversion to Christianity and the maintenance of alien beliefs and practices as part of the framework of domination and resistance relations were investigated. Based upon the analysis of primary sources of varied nature, such as regal legislation, a collection of conciliar documents, hagiographic literature, sermons, liturgy, Christian poetry and dogmatic treatises, emphasis was placed on the close correlation between the conception of the world – the relationships among men and their peers, and between men and Nature – spread out by Christianity and the establishment of the aristocratic ascendancy in society.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tdeMarioJorge.pdf (930.25 Kbytes)
Data de Publicação
2003-03-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.