• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-23072012-085317
Documento
Autor
Nome completo
Vandré Aparecido Teotonio da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Silva, Marcos Antonio da (Presidente)
Capelato, Maria Helena Rolim
Oliveira, Gilberto Maringoni de
Título em português
Notícias do Rio": a intervenção no jornal O Estado de S. Paulo e a autolegitimação do Estado Novo (1939-1945)
Palavras-chave em português
Censura Brasil
Estado Novo (1937-1945)
Imprensa brasileira
Jornalismo história
Meios de comunicação
O Estado de S. Paulo
Resumo em português
A presente pesquisa se debruça sobre a produção noticiosa do jornal O Estado de S. Paulo entre os anos de 1940 e 1945. Durante esse período, o jornal sofreu intervenção do governo (Estado Novo, 1937-1945) e passou por transformações em sua estrutura que buscavam autolegitimar o regime entre os leitores do periódico. Dentre essas transformações operadas pela nova direção, a coluna Notícias do Rio se destaca por se constituir como espaço privilegiado do Estado Novo no sentido de construir sua autoimagem. Essas mudanças foram ao encontro de um projeto de comunicação social que o Governo Federal buscava impor para o jornal, especialmente ao considerar o contexto de relações com a imprensa (silenciamentos, incitações) vivenciadas durante o período. Muito mais do que exemplo de força do regime, a intervenção do periódico assume nesta análise como o resultado de longos conflitos entre grupos políticos que se digladiaram por sua manutenção no poder. Todavia, isso não impediu que os líderes do jornal construíssem uma relação situacional com Vargas caracterizada por momentos de apoio e combate a seu governo. Com a instauração do Estado Novo em 1937, os dirigentes dOESP sofreram com processos criminais e deportações, assumindo a intervenção do periódico o derradeiro golpe do regime contra seus antigos aliados de 1930. O Estado de S. Paulo será ressignificado com a intervenção em 1940, colocando em evidência novos personagens no cenário político nacional por meio de suas páginas. Deste modo, mais do que censurar, o Estado Novo se preocupou em produzir notícias e imagens que o autolegitimassem diante dos leitores do jornal, fazendo da coluna Notícias do Rio o painel das ações oficias do regime.
Título em inglês
Notícias do Rio: intervention in the newspaper O Estado de S. Paulo and the self-legitimation of Estado Novo (1939-1945)
Palavras-chave em inglês
"Estado Novo" (1937-1945)
Brazilian Press
Censure Brazil
Journalism history
Media
O Estado de S. Paulo
Resumo em inglês
This research focuses on the newsy production of the newspaper O Estado de S. Paulo between the years of 1940 e 1945. During this period the newspaper suffered the intervention of the government (Estado Novo, 1937-1945) and went through changes in its structure that was seeking for self-legitimation of the regime among the readers of the journal. Among these transformations wrought by the new direction, the column Notícias do Rio stands out for constituting a privileged space for Estado Novo to build its self-image. These changes were to meet a social media project elaborated by the federal government in order to impose its will to the journal, especially when considering the context of its relationship with press (silences, incitements) experienced during the period. Much more than an example of strength of the regime, the intervention of the periodical assumes, in this analysis, the result of a long conflict among political groups that battled for its maintenance in power. Nevertheless, it has not stopped the leaders of the newspaper from building a situational relationship with Vargas characterized by moments of support and moments of combat against his government. With the introduction of Estado Novo in 1937, the leaders of OESP suffered some prosecutions and deportations, assuming the intervention of the journal, the ultimate hit of the regime against its former allies of 1930. O Estado de S. Paulo would be reframed with the intervention in 1940, putting in evidence new characters of the national politics scenario through its pages. This way, rather than censor, Estado Novo worried about producing news and images that could self-legitimate itself to the readers of the newspaper, making of the column Notícias do Rio the panel for the official actions of the regime.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-07-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.