• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-21112007-142629
Documento
Autor
Nome completo
Flávia Aparecida Amaral
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Silva, Marcelo Candido da (Presidente)
Almeida, Néri de Barros
Marques Filho, Luiz Cesar
Título em português
Romance de Melusina: linhagem, penitência e poder
Palavras-chave em português
Linhagem
Literatura medieval
Lusignan
Poder
Romance de Melusina
Resumo em português
No ano de 1392, João d'Arras começa a escrever um romance a pedido de um poderoso príncipe francês e conhecido mecenas da época: o duque João de Berry. Essa obra descreve a fundação de uma fortaleza e conta as aventuras da linhagem que lá se originou: os Lusignan. No entanto, aquela não era uma história de pessoas comuns. Os Lusignan eram descendentes da fada Melusina que todos os sábados se transformava em serpente da cintura para baixo. Mas Romance de Melusina ou a História dos Lusignan não deve ser interpretado tendo em vista apenas o aspecto surpreendente da história narrada. O interesse do duque de Berry em encomendar uma narrativa dessa natureza é de importância fundamental para que se compreenda o motivo pelo qual se elaborou uma narrativa sobre uma linhagem, cujos descendentes já haviam se extinguido na França. O objetivo desse trabalho é a análise do Romance de Melusina, sob o ponto de vista histórico, levando em conta a especificidade desse gênero narrativo e as estratégias textuais do autor na construção dessa história. Nela são marcantes as idéias de linhagem, pecado e penitência e a forma como são evocadas para ligar os Lusignan a sua ancestral mítica, Melusina. Algumas questões como a justiça, a guerra e as Cruzadas estão presentes nesse romance tendo relação com o contexto de sua elaboração.
Título em inglês
Romance of Melusina: lineage, penitence and power
Palavras-chave em inglês
Lineage
Lusignan
Medieval literature
Power
Romance of Melusina
Resumo em inglês
In the year of 1392, João D'Arras starts to write a romance at request of a powerful prince and known patron of the period: the duke of Berry. That work describes the foundation of a fortress and tells the adventures of a lineage that there originated itself: the Lusignan. However, that was not a story of ordinary people. The Lusignan were the descendant of the fairy Melusina that, every Saturday, turned into a serpent from her waist to below. The Romance of Melusina or the History of the Lusignan must not be interpreted only by having in mind the surprising aspect of the story narrated. The interest of the Duke of Berry in ordering a narrative of that nature is of fundamental importance so that can be understood the motivation behind the creation of a story about a lineage that had already been extinguished in France. The purpose of this work is the analysis of the Romance of Melusina under the historical perspective, taking in consideration the particularity of its narrative type and the author's textual strategies in the production of that story. In the romance are quite notable the ideas of lineage, sin, and penitence and the way they are evoked to connect the Lusignan to their mythical ancestor, Melusina. Some questions such as justice, war and the Crusades that are noticed in the Romance of Melusina have an important connection with the context of its creation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-12-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.