• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-21102015-124324
Documento
Autor
Nome completo
Waldomiro Lourenço da Silva Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Marquese, Rafael de Bivar (Presidente)
Grinberg, Keila
Mamigonian, Beatriz Gallotti
Marques, Leonardo
Slemian, Andrea
Título em português
Entre a escrita e a prática: direito e escravidão no Brasil e em Cuba, c.1760-1871
Palavras-chave em português
Alforria
Direito
Escravidão
Tráfico de escravos
Resumo em português
Esta tese examina o papel do Direito na dinâmica que envolveu a reprodução do sistema de escravidão no Brasil e em Cuba no longo século XIX, a partir do nexo fundamental entre o tráfico transatlântico de escravos e a prática da alforria. Se, por um lado, a ordem jurídica abriu espaço para a ações criativas dos sujeitos históricos vitimados pela escravização, permitindo a reclamação de direitos adquiridos em juízo, especialmente em busca da liberdade, por outro, ela foi um dos elementos estruturantes dos respectivos sistemas de escravidão. Apesar das muitas semelhanças e pontos de contato, a configuração assumida pelos respectivos quadros jurídicos divergiu quanto a tópicos essenciais, especialmente no tocante ao reconhecimento legal do direito dos escravos à alforria onerosa, que se verificou precocemente em Cuba, enquanto que, no Brasil, ocorreu apenas em 1871, com a promulgação da Lei do Ventre Livre. O contraponto verificado não conduz a uma nova dicotomia entre uma escravidão mais branda ou severa do que a outra, mas à compreensão dos traços específicos que envolviam a ordenação do cativeiro e o alcance do protagonismo dos escravos naqueles dois espaços.
Título em inglês
Between the written and the practice: law and slavery in Brazil and Cuba, c.1760-1871
Palavras-chave em inglês
Law
Manumission
Slave trade
Slavery
Resumo em inglês
This thesis analyzes the role of the law in the slave system's dynamics in Brazil and Cuba during the long nineteenth century, from the fundamental connection between the transatlantic slave trade and the manumission. The main argument is that, if on the one hand the law created possibilities for the historical subjects victimized by slavery act creatively, seeking freedom in the courts, particularly, on the other, it was part of the structuring elements of those slave systems. Despite the similarities, the configuration assumed by the respective legal frameworks diverged as the essential topics, especially with regard to legal recognition of the right of slaves to the onerous manumission, which occurred early in Cuba, while, in Brazil, only in 1871, with the enactment of the Free Womb Law. The observed counterpoint does not lead to a new dichotomy between a milder and a severe slave system, but the understanding of the specific characters involving the regulation of slavery and the slave agency in those two spaces.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.