• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2015.tde-19102015-125340
Documento
Autor
Nome completo
Maíra Chinelatto Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Machado, Maria Helena Pereira Toledo (Presidente)
Dias, Maria Odila Leite da Silva
Gomes, Flavio dos Santos
Grinberg, Keila
Slenes, Robert Wayne Andrew
Título em português
Cativeiros em conflito: crimes e comunidades escravas em Campinas (1850-1888)
Palavras-chave em português
Comunidades escravas
Crimes
Escravidão
Gênero
Século XIX
Resumo em português
Esta tese investiga comunidades escravas na região de Campinas na segunda metade do século XIX. Através da leitura de depoimentos e interrogatórios de cativos e cativas em documentos judiciais de diferentes tipos reunidos no Arquivo Público do Estado de São Paulo (AESP) tem como objetivo compreender as dinâmicas sociais e afetivas que envolviam aqueles indivíduos e as variadas experiências vividas por trabalhadores especializados ou não, casados ou solteiros, de sexo masculino ou feminino que viveram escravizados na região. Questionando a ideia de uma existência forçosa de redes de solidariedade e companheirismo advindas simplesmente do fato de experimentarem juntos a escravidão, esta pesquisa procura perceber manifestações por vezes contraditórias de disputas, amizade, envolvimentos afetivos e sexuais, companheirismo e competição que foram registrados nos autos criminais referentes ao período indicado.
Título em inglês
Conflicted captivities: crimes and slave communities in Campinas (1850-1888)
Palavras-chave em inglês
Crimes
Gender
Nineteenth century
Slave communities
Slavery
Resumo em inglês
This dissertation investigates slave communities in Campinas, Province de São Paulo, in the second half of the Nineteenth century. Through the analysis of depositions and interrogations of male and female slaves registered in different kinds of court documents gathered in the Arquivo Público do Estado de São Paulo (AESP) this study aims at understanding the social and affective dynamics involving such individuals, as well as the various experiences of skilled or unskilled workers, married or single enslaved men and women who lived in the area. Questioning the idea of an inescapable existence of solidarity and fellowship networks naturally arising from joined experiences of enslavement, this dissertation intends to analyze sometimes contradictory demonstrations of disputes, friendships, sexual and emotional attachment, companionship and competition registered in the documents.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-10-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.