• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2008.tde-12022009-124733
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Roberto Elian dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Bellotto, Heloisa Liberalli (Presidente)
Camargo, Ana Maria de Almeida
Ferreira, Luiz Otávio
Santos Filho, Gildo Magalhães dos
Sousa, Renato Tarciso Barbosa de
Título em português
A arquivística no laboratório: história, teoria e métodos de uma disciplina
Palavras-chave em português
Arquivística
Arquivos de ciência
Gestão de documentos
História da ciência
Laboratórios científicos
Resumo em português
O objetivo da tese é estudar um laboratório das ciências biomédicas, buscando observar a gênese documental, as tipologias/espécies documentais e as práticas de manutenção e uso dos registros ali identificadas. A metodologia utilizada foi a de aplicação de um questionário, por meio de entrevista, aos pesquisadores, técnicos e alunos do Laboratório de Genômica Funcional e Bioinformática do Instituto Oswaldo Cruz. Nossa hipótese é de que os elementos conceituais e metodológicos concebidos pelo conhecimento arquivístico com respeito à gestão de documentos encontram-se impregnados dos pressupostos da pesquisa histórica, da concepção de memória social. E, mais do que isso, estão embebidos de uma racionalidade técnica alinhada às práticas empíricas de organização que se defrontam permanentemente com a realidade documental mais complexa e levam a disciplina a negar seus fundamentos, destituindo-a de um estatuto científico. O processo de institucionalização da arquivística no Brasil e sua relação com o estatuto científico que a disciplina busca adquirir encontram um ponto de inflexão neste estudo sobre os arquivos produzidos em laboratórios científicos. Nesta perspectiva, não há como dissociar a aplicação dos princípios teóricos, dos métodos e das práticas arquivísticas, historicamente construídos, das ações e estratégias dos seus principais atores sociais. Para a abordagem da organização da ciência, no ambiente de domínio dos cientistas o laboratório -, valemo-nos dos instrumentos conceituais da sociologia da ciência, em suas diferentes vertentes.
Título em inglês
The archivistics in laboratory: history, theory and methods of discipline
Palavras-chave em inglês
Archival Science
History of science
Records management
Science archives
Science laboratories
Resumo em inglês
The aim of the thesis is to study a biomedical science laboratory to observe how documents are created, what types and formats of documents there are, and how the records are maintained and used. The methodology used was to fill out questionnaires in interviews held with the researchers, lab technicians and students from the Functional Genomics and Bioinformatics Laboratory at Instituto Oswaldo Cruz. Our hypothesis is that the concepts and methodologies used by archival science for records management are impregnated with assumptions from historical research, from the conception of social memory, and that they are imbued with a technical rationale that is aligned with empirical organizational practices, which always come up against a more complex documental reality, leading the discipline to deny its foundations and stripping it of scientific status. The institutionalization of archival science in Brazil and how it relates to the scientific status coveted by the discipline find a point of inflexion in this study into the archives produced at scientific laboratories. From this perspective, it is impossible for theoretical principles, methods and archivist practices, all of which are historically engendered, to be separated from the actions and strategies of their leading social agents. In this investigation of the organization of science in the environment under the domain of scientists the laboratory , we make use of conceptual tools from different schools of thought within the sociology of science.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-02-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.