• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
André Luis Pereira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Néri de Barros
Marques Filho, Luiz Cesar
Tacconi, Ana Paula Tavares Magalhães
Título em português
A representação do espaço urbano na hagiografia medieval franciscana (Compilato Assisiensis e Memoriale in desideiro animae): perspectivas de uma política social mendicante
Palavras-chave em português
Cidade
Espaço urbano
Franciscanismo
Hagiografia
Itália medieval
Resumo em português
O objetivo desse trabalho é explorar as múltiplas formas com que os hagiógrafos do franciscanismo conceberam o espaço urbano e quais mecanismos utilizaram para formular tal concepção. Pretendemos também investigar se a noção de espaço urbano estabelecida por eles está ou não concorde com um possível discurso mendicante voltado para as práticas citadinas; por fim, queremos avaliar em que medida esses elementos se conjugaram na práxis pastoral dos franciscanos nas cidades onde atuaram. Para tanto, estudaremos duas compilações hagiográficas acerca da vida de s. Francisco de Assis, produzidas no século XIII: Compilatio Assisiensis e Memoriale in desiderio animae. Ambos os textos foram compostos em território peninsular e ambos procuraram acentuar o esforço missionário do santo de Assis para evangelizar, moralizar e "converter" as cidades centro-setentrionais da Itália. Partimos do pressuposto de que a hagiografia, de forma geral, constituiu um recurso retoricamente elaborado e utilizado em larga escala pela instituição eclesiástica para transmitir seus ensinamentos e atuar sobre as condutas dos fiéis. Nesse sentido, esperamos encontrar não a cidade real ou o esboço dela, mas a projeção de uma cidade que se queria implementar mediante a transmissão de certos valores tidos como os mais aptos para a transformação do corpo social. O feito de s. Francisco ter trabalhado na evangelização das cidades e de ter fundado uma ordem religiosa de escopo urbano já é indicativo de que a hagiografia franciscana tem algo a contribuir para o amplo estudo da noção de espaço urbano na baixa Idade Média
Título em inglês
The hagiographers of the Franciscanism´s concept of urban space in the Middle Ages (Compilatio Assisiensis e Memoriale in desiderio animae): perspective of a política social mendicante"
Palavras-chave em inglês
City
Franciscanism
Hagiography
Mediaeval Italy
Urban Space
Resumo em inglês
The objective of this work is explore the multiple forms which the hagiographers of the Franciscanism conceived the urban space and what mechanisms they utilized to formularize this concept. We pretend to investigate if the notion of the urban space established by them is or not concordant with a possible mendicant discourse turned to the citizen practices. Ultimately we endeavor to evaluate in what proportions this elements conjugated themselves in the pastoral praxis of the Franciscans on the cities where they acted. For so much we have studied two hagiographic compilations about the Saint Francis of Assisi's life that was written on XIII century: Compilatio Assisiensis and Memoriale in desiderio animae. Both the texts were composed in peninsular territory and tried to emphasize the missionary work of the Saint of Assisi to evangelize, moralize and "convert" the center north of Italy. We begin from the supposal that the hagiography, in general, constituted a rhetoric elaborated recourse that was utilized in large scale by ecclesiastic institution to transmit her teaching and to act on the conduct of the faithful. In this sense we expect not find the real city or her sketch but the projection of a city that had wanted implement itself by the transmission of certain values which were considered as the most apt for the transformation of the social body. The done of Saint Francis, who worked on the evangelization of the cities and founded a religious order of the urban scope, is indicative of that the Franciscan hagiography has something to contribute for the large study of the urban space notion on the late Middle- Ages
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.