• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-10072007-110514
Documento
Autor
Nome completo
Vera Lucia Nagib Bittencourt
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Cecilia Helena Lorenzini de Salles (Presidente)
Janotti, Maria de Lourdes Monaco
Martinez, Paulo Henrique
Mesgravis, Laima
Paul, Clotilde
Título em português
Da alteza real a imperador: o governo do príncipe D. Pedro, de abril de 1821 a outubro de 1822
Palavras-chave em português
D. Pedro I
História política
Independência.
Memória
Rede mercantil
Resumo em português
Este estudo, referenciando-se nas íntimas e complexas imbricações entre história e memória, busca reconstituir e problematizar o período em que D. Pedro exerceu a Regência do Reino do Brasil, entre 22 de abril de 1821, retorno de D. João VI a Portugal, e 12 de outubro de 1822, quando foi aclamado Imperador do Brasil. Parte-se da hipótese, seguindo-se tanto obras clássicas sobre o período, a exemplo de Varnhagen e Pereira da Silva, quanto a historiografia mais recente, a exemplo da obra de Maria de Lourdes Viana Lyra, de que a autoridade de D. Pedro foi sendo construída nesse curto período entre diferenciados projetos políticos. Na trajetória do Príncipe, de Alteza Real a Imperador, procurou-se identificar, especialmente, as bases sociais e econômicas que sustentaram a afirmação de sua autoridade à frente do governo do Império do Brasil, o que implicou na separação de Portugal e na opção por uma monarquia constitucional, conforme delineada posteriormente na Carta de 1824.
Título em inglês
The government of Prince D. Pedro, from april 1821 to october 1822
Palavras-chave em inglês
D. Pedro I
Independence.
Memory
Political history
Trade network
Resumo em inglês
This study, based on the intimate and complex conections between history and memory, intends to reconstruct and problematize the period through which D. Pedro retained the regency of the Brazilian Kingdom, from April 22, 1821, date of D. João VI's return to Portugal, to October 12, 1822, when D. Pedro was acclaimed Brazilian Emperor. The hypothesis hereby presented, guided by classic works regarding such period, e. g. Varnhagen and Pereira da Silva, as well as more recent historiography, e. g. Lyra's study, is that D. Pedro's authority was progressively built through this short interval of time among different political projects. At the Prince's course, from His Royal Highness to Emperor, it was intended to identify, particularly, the social and economical foundations that sustained his authority assertion, ahead of the Brazilian Empire's government, which lead to the separation from Portugal and to the option for constitutional monarchy, as later established by 1824 Constitution.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-08-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.