• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-10042014-114001
Documento
Autor
Nome completo
Marjorie Rocha Cohn
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Marquese, Rafael de Bivar (Presidente)
Bacellar, Carlos de Almeida Prado
Salles, Ricardo Henrique
Título em português
A fazenda Santa Sofia: cafeicultura e escravidão no Vale do Paraíba Mineiro, 1850-1882
Palavras-chave em português
Cafeicultura
Escravidão
Relações escravistas
Zona da Mata
Resumo em português
Esta dissertação tem por objeto a escravidão na economia cafeeira do Vale do Paraíba mineiro durante a segunda metade do século XIX. A análise parte do estudo de uma fazenda, a Santa Sofia, durante o período compreendido de 1850 a 1882. Nesta quadra, a fazenda pertenceu a Camilo Maria Ferreira Armond, Conde de Prados em 1881. A pesquisa pretende tratar, com base nesse foco espacial e temporal específico, um elenco de temas que vêm sendo explorados pela historiografia brasileira nas últimas décadas: a composição demográfica da escravaria da fazenda em tela; a organização do seu processo de trabalho (o que envolve o estudo das estratégias de controle empregadas pelo fazendeiro bem como das estratégias de resistência dos escravos); a organização do processo de produção do café (técnicas agronômicas e de beneficiamento dos grãos); a organização espacial da fazenda; as relações do fazendeiro com o mercado cafeeiro do Rio de Janeiro; finalmente, os impactos da crise da instituição da escravidão, na década de 1880, sobre as relações escravistas na fazenda.
Título em inglês
The Santa Sofia: coffee production and slavery in the 'Mineiro' Paraiba Valley, 1850-1882
Palavras-chave em inglês
Coffee production
Slavery
Slavery relations
Zona da Mata
Resumo em inglês
The object of this dissertation is the slavery in the coffee economy in the Paraiba Valley during the second half of the 19th century. The starting point is a property, the Santa Sofia, during the period between 1850 and 1882. During this time, the property belonged to Camilo Maria Ferreira Armond, Count of Prados in 1881. Based on these special and temporal focus, the aim is to approach a range of themes that are being investigated by the Brazilian historiography on the last decades: the demography of slavery; the organization of the Santa Sofias work process (including the study of the control strategies employed by the farms owner and also the slave resistance); the organization of the coffee production (agronomical techniques and coffee processing); the spacial organization; the relations between the producer and the coffee market in Rio and, finally, the impacts of the slavery crisis in the 1880s.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-04-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.