• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-07112014-190735
Documento
Autor
Nome completo
Francisco Fabiano de Freitas Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Iumatti, Paulo Teixeira (Presidente)
Hardman, Francisco Foot
Pinto Filho, Julio Cesar Pimentel
Silva, Marcos Antonio da
Starling, Heloisa Maria Murgel
Título em português
Um país sem graça: Graciliano Ramos e a interpretação de um Brasil moderno (1915-1953)
Palavras-chave em português
Brasil republicano
Graciliano Ramos
Interpretação do Brasil
Literatura brasileira
Modernidade
Resumo em português
Este trabalho tem como objeto de estudo o conjunto literário do escritor alagoano Graciliano Ramos (1892-1953), e busca mesmo mostrar como essa rica obra literária pode e deve ser vista como importante contribuição para o entendimento do Brasil das primeiras décadas do século XX. Graciliano Ramos e o Brasil republicano nasceram praticamente no mesmo ano, e as obras (ficcionais ou confessionais) daquele sempre estiveram atreladas aos rumos pelos quais o último tomou. As crônicas, os contos, os artigos, os romances, os livros infantis e as cartas do romancista revelam um conjunto de textos que, além da reconhecida qualidade literária, é detentor de um forte poder de observação e crítica da realidade. Graciliano Ramos escreveu sobre as gentes do sertão, das cidades do interior, da capital litorânea do seu Estado, da capital Federal. Mergulhou nas situações de privação, isolamento, injustiça, violência, rebeldia, resignação e esperteza. Descreveu o descampado, a fazenda, o subúrbio, as repartições públicas, as redações dos jornais, as rodas literárias. Faces de um país diverso, que parece permitir ser dito apenas pelo que as partes indicam. No entanto, na obra de Graciliano Ramos, esses temas orbitam ao redor de três grandes questões que atravessam todos os textos e que orientaram este estudo: campo e cidade, autoritarismo e democracia, poder e cultura letrada. A variedade de textos encontrou coesão a partir do estudo do autor em sua trajetória sócio-política. E o entendimento dessa trajetória só foi possível a partir do estudo minucioso dos textos do autor. Assim, História da Cultura e Estudos Literários tiveram de ser manejados conjuntamente pela exigência mesma da demanda, pois autor e obra sempre apareciam colados. Por fim, o país sem graça e o Brasil moderno que aparecem no título desta tese indicam o grau da contradição que Graciliano Ramos viu entre nossas bases formativas e as promessas feitas em nome da modernidade durante os quarente anos em que descreveu realisticamente o país
Título em inglês
A country without grace: Graciliano Ramos and interpretation of a modern Brazil (1915-1953)
Palavras-chave em inglês
Brazilian literature
Graciliano Ramos
Interpretation of Brazil
Modernity
Republican Brazil
Resumo em inglês
This research aims to study the literary work of the writer Graciliano Ramos (1892-1953), from the state of Alagoas, and seeks to show how this rich literary work can and should be seen as an important contribution to the understanding of Brazil in the first decades of the twentieth century. Graciliano Ramos and Republican Brazil were practically born in the same year, and the writers literary works (fictional or religious) have always been tied to the direction in which the country went. The chronicles, tales, articles, novels, children's books and letters written by the novelist, reveal a set of texts that, besides the recognized literary quality, holds a strong power of observation and critique of reality. Graciliano Ramos wrote about the people of the hinterland, the countryside towns, the seaside capital of his State and of the Federal capital. He plunged into situations of deprivation, isolation, injustice, violence, rebellion, resignation and cleverness. He described the clearing, the farms, the suburbs, public offices, newsrooms of newspapers, literary circles. The faces from a country that seems to allow only being referred to by its parts. However, in the work of Graciliano Ramos, these themes revolve around three major issues that cross all texts and guide this study: town and countryside, authoritarianism and democracy, power and literacy. This variety of texts found cohesion from the author's study in his socio-political trajectory. And understanding of this trajectory was only possible from the close study of texts by the author. Thus, History of Culture and Literary Studies had to be managed together by the requirement of same demand as author and work always appeared attached. Finally, the 'country with no grace' and 'modern Brazil' that appear in the title of this thesis, indicate the degree of contradiction that Graciliano Ramos saw between our formative bases and the promises made in the name of modernity over the fourty years in which he realistically described the country
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-11-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.