• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2008.tde-07042009-174637
Documento
Autor
Nome completo
Miguel Soares Palmeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Pires, Francisco Murari (Presidente)
Barros, Sergio Miceli Pessoa de
Guimarães, Manoel Luiz Lima Salgado
Meneses, Ulpiano Toledo Bezerra de
Trabulsi, Jose Antonio Dabdab
Título em português
Moses Finley e a "economia antiga" : a produção social de uma inovação historiográfica
Palavras-chave em português
Economia antiga
Estudos clássicos
Historiografia
Intelectuais
Moses Finley
Resumo em português
Nas décadas de 1960 e 1970, os estudos sobre a economia antiga foram transformados pela crítica sistemática do emprego de noções econômicas formais a sociedades que não formularam elas mesmas um conceito de economia. Os debates acadêmicos que então se travaram, nos termos dos próprios debatedores, tiveram em Moses Finley (1912-1986) um protagonista. A partir de uma análise das concepções de história econômica esposadas por Finley, dos mecanismos de validação de tais concepções e da trajetória desse historiador, esta tese procura iluminar algumas das condições sociais e epistemológicas que tornaram possível a reconfiguração das percepções acadêmicas modernas sobre a vida econômica antiga e estabelecer o papel por ele desempenhado nesse processo.
Título em inglês
Moses Finley and "ancient economy": the social production of an innovation historiographic
Palavras-chave em inglês
Ancient economy
Classical studies
Historiography
Intellectuals
Moses Finley
Resumo em inglês
This thesis examines the role played by Moses I. Finley (1912-1986) in the academic controversies about ancient Greek and Roman economic history in the second half of the twentieth century. During the 1960s and 1970s, the studies on the ancient economy were transformed by systematic criticism of the use of formal economic notions in the analysis of societies which had not themselves forged a concept of economy. Among those who got involved in these debates, it is believed that Finley was its protagonist. Based on an analysis of the views on economic history held by Finley, of the mechanisms of validation of these views and of his trajectory, I try to elucidate some aspects of the social and epistemological conditions that made the reconfiguration of modern academic perception of ancient economic life possible.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.