• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Martins Torcato
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Carneiro, Henrique Soares (Presidente)
Adorno, Rubens de Camargo Ferreira
Fiore, Maurício
Silva, Márcia Regina Barros da
Wissenbach, Maria Cristina Cortez
Título em português
A história das drogas e sua proibição no Brasil: da Colônia à República
Palavras-chave em português
Drogas
História da medicina
Proibicionismo
Resumo em português
O tema dessa Tese são as drogas que hoje são consideradas ilícitas e os processos sociais, culturais, políticos e econômicos que levaram ao proibicionismo. Partindo de uma revisão historiográfica e de um conjunto variado de fontes médicas, jurídicas, jornalística, literária e iconográfica foram reconstruídos os principais marcos da história da proibição das drogas no Brasil. A análise desse material mostrou que, mesmo estando em uma posição periférica do mercado mundial, o Brasil participou do fenômeno conhecido como revolução psicoativa. A maior disponibilidade de fármacos levou a uma difusão dos antálgicos, fato que foi combatido pela classe médica oficial. Ocorreram intercâmbios entre as concepções oficiais e as práticas populares graças à difusão das artes de formular e dos medicamentos de fórmula secretas. As drogas, apesar da crescente restrição, permaneceram como recursos terapêuticos utilizados durante toda a primeira metade do século XX. O Brasil apresentou uma política proibicionista autóctone, que dialogou com o contexto internacional plural de ascensão das políticas restritivas. A reconstituição das políticas sobre drogas mostrou as variações de objetivos existentes ao longo da história, questionando a visão unilateralista que percebe as leis sobre esse tema como uma única política que se perpetua ao longo de mais de cem anos em uma ascensão punitivista.
Título em inglês
An history of drugs in Brazil
Palavras-chave em inglês
Drugs
History of medicine
Prohibition
Resumo em inglês
The themes of this thesis are the illicit drugs and the social, cultural, political and economic factors that resulted in prohibition. From a historiographical review and a varied set of sources - medical, legal, journalistic, literary and iconographic - this work rebuilds the main boundaries in the history of drug prohibition in Brazil. The analysis of this material showed that this country participated in the phenomenon known as psychoactive revolution despite being in a peripheral position in the world market. The greater availability of drugs has led to diffusion of analgesics. The official medical profession was against the popularization. There have been exchanges between official conceptions and popular practices through the dissemination of the pharmaceutical formulation and Patent Medicine. The drugs remain as therapeutic resources used during the first half of the twentieth century despite growing restrictions. Brazil presented autochthonous prohibitionist policy that dialogue with the plural international context of the rise of restrictive policies. The reconstitution of the drug policy showed variations of existent objectives throughout history with questioning of the unilateralist vision about increasing punishment law.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.